Baixe o aplicativo  INTERPRESS MOTOR para seu iPhone / iPad Adicionar aos favoritos Recomende a um amigo Faça deste site sua página inicial
Lançamento
Opinião
Reportagem
Galeria de fotos
Notícias
Blog do Luís Perez
Manutenção
Vídeos
Caminhões e ônibus



Papel de parede
Jogos

Shopping









REPORTAGEM
20/12/2012 - 13h10 Bookmark and Share
AVALIAÇÃO INTERNACIONAL
208 aprimora esportividade com novo volante
Dirigimos na França compacto da Peugeot que será nacional a partir de março
por LUÍS PEREZ, enviado especial a Paris
Com a abertura às importações, no início dos anos 1990, os fabricantes brasileiros tiveram de se adaptar a uma nova realidade em termos de concorrência. O que tínhamos por aqui de maior volume no mercado era o velho Fiat Uno, a "botinha ortopédica". Não à toa, o Chevrolet Corsa, o "Kinder ovo", foi uma revolução de vendas. Oito anos depois, a segunda revolução no design foi o ousadíssimo, para a época, Peugeot 206.

Então o Brasil conheceu o 207 tupiniquim (que alguns chamam de 206,5, pois foi mais um tapa no visual do que de fato um carro totalmente novo). Mas agora a coisa vai mudar. Já estão saindo da linha de montagem de Porto Real (RJ) as primeiras unidades pré-série do 208, esse sim totalmente novo, como o francês, que até o último Salão de Paris, em setembro, era exibido com status de lançamento, apesar de já ter algumas unidades circulando pelas ruas da capital francesa.

Esse 208 feito no Brasil, com previsão de lançamento em março de 2013, não será uma gambiarra e sim o projeto francês. Ou seja, em que pese o fato de o brasileiro não estar mais se impressionando tanto com carros de design diferente, o 208 tem tudo para significar uma terceira onda revolucionária no desenho dos veículos no país.

Peugeot 208 - foto Luís Perez
Avaliamos o Peugeot 208 por 200 km em Paris e arredores

Galeria de fotos Mais fotos na galeria.

Para desvendar melhor o modelo, Carpress foi a Paris e dirigiu uma unidade, alugada por 108 euros (equivalente a R$ 295), por aproximadamente 200 quilômetros em um carregado trânsito urbano parisiense de final de ano e estradas dos arredores, como Versalhes e Le Chesnay.

Como o modelo já é relativamente conhecido, não senti nenhum impacto ao vê-lo estacionado na vaga do Palácio do Congresso de Paris, onde fui retirá-lo. A primeira missão inglória foi tentar acomodar um imenso carrinho de criança no interior do veículo. Primeiro contratempo: não havia banco bipartido. Comecei a notar então que a unidade disponível para aluguel era a mais simples possível, algo raro quando o veículo é disponibilizado pela fabricante (acostumada a ceder carros mais equipados).

Um ponto que tinha tudo para ser negativo virou positivo. Saí às ruas da capital francesa avaliando o 208 mais pé-de-boi que podia imaginar. À venda na França por 12.460 euros, a versão avaliada tinha motor 1.4 diesel de 68 cv de potência. No Brasil, embora a Peugeot não confirme oficialmente, o carro deve ter os mesmos motores do Citroën C3, ou seja, 1.5 de 89 cv com gasolina a 93 cv com etanol e 1.6 de 115 cv a 122 cv (gasolina e etanol).

Peugeot 208 - foto Luís Perez
Silhueta do modelo, que mantém ideia de dinamismo do antecessor

Por ser diesel, chama a atenção o consumo extremamente baixo: roda 22,73 km/l na cidade e impressionantes 29,41 km/l na estrada, de acordo com dados de fábrica. Embora o número da aceleração de 0 a 100 km/h seja de apenas 13,5 segundos (com velocidade máxima de 163 km/h), o carro é bem ágil no trânsito urbano. Motivo: o torque (força) do motor, que atinge seu ápice de 16,33 kgfm a apenas 1.750 rpm.

Enfim, apesar de não impressionar, o exterior é bem bonito. Mas comecei a torcer o nariz com o carro ao me ajeitar no banco. No exato momento em que olhei para o painel de instrumentos, comecei a reclamar: "Que droga, o volante encobre as informações!" No início dirigi daquele jeito, incomodado, já disposto a criticar a imperdoável falha de projeto, até que descobri que o ponto alto do 208 era justamente o volante.

Peugeot 208 - foto Luís Perez
Traseira e o original desenho da lanterna, em forma de bumerangue

Regulável em altura e profundidade, quando o motorista descobre o ponto exato de ajuste – em geral numa posição inferior ao que se está acostumado em veículos com esse tipo de recurso –, o "problema" desaparece e conduzir o 208 vira pura diversão. O volante é pequeno, esportivo, fantástico. Passou de vilão a mocinho em poucos quilômetros.

Ao ligar a chave, os ponteiros dão as "boas vindas" ao motorista. A versão parece bem simples, sem direito a alças (no caso do motorista, um porta-óculos) no teto. Mas depois noto que o carro tem airbags laterais, o que impede sua instalação (ninguém quer um PQP, como essas alças são conhecidas popularmente, voando na cabeça dos ocupantes). No entanto, outro indicador de que estamos em um carro muito simples é a falta de vidro elétrico no banco de trás.


Ao dar a partida, ponteiros dão "boas vindas"; assista (ou aqui)

Mesmo assim, o acabamento é esmerado, com aplicações em preto brilhante no interior das portas e no painel. Interessante, no caso dos carros da PSA, é que mesmo nos veículos mais simples não se abre mão de certos mimos para o conforto e a segurança do passageiro.

O carro tem ar-condicionado, computador de bordo (mostra quilometragem total e parcial, relógio, autonomia, consumo médio e instantâneo e velocidade média) e a providencial fixação Isofix para cadeirinhas de criança no banco de trás.

Outro item importante para a economia de combustível e, por que não citar, o conforto dos ocupantes, é o indicador de troca de marchas. Quando se está em uma estrada em quarta marcha, uma seta se acende no painel "pedindo" a quinta marcha. É uma forma de dirigir sem trancos e economizando combustível. Item raro por aqui, existe em outros compactos na Europa (caso de um Hyundai i10 que dirigimos no último mês). Também chama a atenção a iluminação interna de cortesia, que acende e apaga gradativamente, como se houvesse um dimmer para comandá-la.

Não será fácil a vida do 208. Seus maiores concorrentes são simplesmente hatches compactos com imensa tradição no mercado brasileiro, caso do Volkswagen Gol, que por sinal tem o mesmo porta-malas do Peugeot (285 litros), do Fiat Palio, do Ford Fiesta, entre outros modelos. Mas atributos não lhe faltam para que a marca de motor "nervoso" e esportiva do leão dê muito trabalho aos rivais.

Peugeot 208
DADOS DO VEÍCULO
Motor
 4 cilindros em linha, diesel, 1.399 cm³
Potência 68 cv a 4.000 rpm
Torque 16,33 kgfm a 1.750 rpm
Transmissão manual de 5 velocidades
Peso 1.125 kg
Pneus 185/65 R15
Tanque 50 litros
Porta-malas 285 litros
Comprimento/largura/altura/entre-eixos 3,96/1,74/1,46/2,54 (em metros)
Fabricado na França
PREÇO NA FRANÇA
US$ 12.460 (R$ 34.100)
PREÇO ESTIMADO NO BRASIL
A partir de R$ 35 mil
ACELERAÇÃO DE 0 A 100*
13,5 segundos
VELOCIDADE MÁXIMA*
163 km/h
CONSUMO*
22,73 km/l na cidade a 29,41 km/l na estrada
DE SÉRIE
Ar-condicionado, direção elétrica, airbag para motorista e passageiro, laterais e de cabeça, ABS, assistência à frenagem de urgência, ESP (programa eletrônico de estabilidade), fixação Isofix para cadeirinhas de criança, indicador de mudança de marcha, computador de bordo, terceiro encosto de cabeça traseiro, volante com ajuste de altura e profundidade
OPCIONAIS
Comandos do rádio no volante, central multimídia e ar-condicionado automático
PRINCIPAIS CONCORRENTES
Volkswagen Gol, Fiat Palio, Ford Fiesta, Chevrolet Onix, Renault Sandero
* Fornecido pelo fabricante

leia             mais LEIA TAMBÉM: Testamos com exclusividade o Nissan Altima.

leia             mais Novo Renault Clio custa de R$ 23.290 a R$ 24.950.

leia             mais Galeria de veículos e outras cenas do Salão de SP 2012.

leia             mais Galeria das belas que enfeitam os estandes no Salão de SP 2012.

leia             mais Fusion 2013 chega ao Brasil por R$ 112.990.

leia             mais Crédito e alta nas vendas animam setor de motos.

leia             mais Paris escancara diferenças entre Brasil e Europa.

leia             mais Kia revela novo Cerato por inteiro.

leia             mais Daimler mostra em Hanover novidades tecnológicas.

leia             mais VW Touareg ganha versão R-Line por R$ 333.700.

leia             mais Cobalt 1.8 custa de R$ 43.690 a R$ 49.990.

leia             mais Novo EcoSport quer fazer a Ford rir por último.

leia             mais Interpress Motor passa a se chamar Carpress.

leia             mais Nova Ranger chega para incomodar suas rivais.

leia             mais Fiat reestiliza Palio Weekend, Strada e Siena EL.

leia             mais Sonic chega para somar na linha Chevrolet

leia             mais Citroën lança DS3 por R$ 79.900.

leia             mais Lexus traz carros de R$ 218.500 a R$ 615 mil.

leia             mais Cruze Sport6 custa de R$ 64.900 a R$ 79.400.

leia             mais Kia Optima chega a partir de R$ 96.900.

leia             mais Grand Siena custa de R$ 38.710 a R$ 48.210.

leia             mais Corolla XRS quer provar que as aparências enganam.

leia             mais No blog: aparências, nada mais...

leia             mais Chevrolet revoluciona sua picape média S10.

leia             mais Novo Peugeot 308 empolga mais na versão 1.6

leia             mais Range Rover Evoque conversível estará em Genebra

leia             mais Brasileira é nomeada presidente da GM Argentina.

leia             mais EcoSport agora é um modelo global.

leia             mais Ford investe R$ 800 milhões em novo modelo.

leia             mais Novo Civic mantém virtudes e corrige defeitos

leia             mais Fiat corrige rota do Palio no mercado.

leia             mais Chevrolet Cobalt custa de R$ 39.980 a R$ 45.980.

leia             mais Peugeot traz RCZ por R$ 139.900.

leia             mais Chevrolet Cruze parte de R$ 67.900.

leia             mais Fiat Cinquecento mexicano é o menor barato.

leia             mais Bonito, recheado e flex, novo Picanto custa R$ 34.900.

leia             mais Dirigimos o Range Rover Evoque no Reino Unido.

leia             mais Volkswagen revela novo Up em detalhes.

leia             mais Nissan relança Frontier Attack por R$ 93.900.

leia             mais J6 pretende reanimar segmento de minivans.

leia             mais Siga Carpress no Twitter.

leia             mais Maioria se informa sobre carros pela internet.

leia             mais Anuncie em Carpress. Peça aqui sua proposta.

leia             mais Compare preços no Shopping Carpress.

leia             mais Quer receber o boletim CarpressCadastre-se


voltar
Carpress | Shopping | Expediente
© 2006-2014 Carpress - Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução de conteúdo deste site em qualquer meio
de comunicação, impresso ou eletrônico, sem autorização por escrito
Desenvolvido por AD&R Web