Shopping Interpress
OPINIÃO
LANÇAMENTO
REPORTAGEM
BUSCA
FALE CONOSCO
BOLETIM
SHOPPING
INTERBLOG
NOTÍCIAS








REPORTAGEM
ESPORTIVO
"Foguetinho", Palio 1.8R é o preferido em sua motorização
Com 115 cavalos de potência, compacto da Fiat reúne nostalgia e tuning de fábrica
por LUÍS PEREZ

Roberto Assunção
Faróis trazem máscara negra e canhões pretos que reforçam "cara de mau"

De todos os Palio 1.8 comercializados, aproximadamente 80% são da versão 1.8R. Não é difícil entender: ela reúne muitos dos atributos que mais atraem compradores de automóveis hoje em dia, como nostalgia (lembra os memoráveis Uno 1.5R, 1.6R e Uno Turbo), personalização (ou tuning, no caso, de fábrica) e potência.

É um “foguetinho”. Seu motor desenvolve de 113 cv (cavalos) a 115 cv – abastecido com gasolina e álcool, respectivamente. Satisfaz os que não abrem mão de um bom torque (força), sobretudo em trânsito urbano. Chega a 18,6 kgfm de torque (com álcool), marca nada desprezível. É capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 9,2 segundos (também com álcool).

Roberto Assunção
Traseira traz faixa cinza, inspirada nas memoráveis versões 1.5R do Uno

Mais potente modelo de seu segmento, tem um visual que condiz com o desempenho. Por fora, há faixas nas laterais e na tampa traseira com o logotipo que identifica a versão. Os faróis trazem máscara e canhões pretos. Sua cara de mau é reforçada pelas bordas da grade do radiador, pintadas de cinza.

Faróis de neblina, rodas de liga leve e brake-light são de série. Na traseira há um spoiler cinza e lanternas fumê (o que nas versões comuns é âmbar ficou incolor) e ponteira do escapamento de aço inoxidável. Os vidros laterais traseiros são escurecidos e o revestimento da coluna central imita fibra de carbono (não, não é, mas pelo menos é feito para parecer...).

Roberto Assunção
Faixa lateral que identifica a versão e roda de liga leve compõem o visual

Além da cor preto (que ao lado da prata integra o catálogo das metálicas), como a da unidade avaliada por Interpress Motor, o Palio 1.8R é vendido também na amarelo Indianápolis e vermelho Modena (a mesma do Stilo Schumacher).

Roberto Assunção
O preto, ao lado do prata, é cor metálica; sólidas são o vermelho e o amarelo

Ao ingressar no habitáculo, a esportividade continua. Os bancos esportivos têm tecidos novos, com costura vermelha que combina com os cintos de segurança – também vermelhos, cor que aparece inclusive em detalhes do freio de mão, da alavanca de câmbio e até no motor. Os detalhes esportivos continuam nos frisos do painel, no revestimento das portas e até nas pedaleiras esportivas. Até o painel mudou: chega com iluminação vermelha e ponteiros em branco e azul.

Roberto Assunção
O vermelho está em vários detalhes, inclusive no motor de até 115 cavalos

Mas a esportividade não ficou só no visual e na potência do motor. A suspensão também recebeu molas 15% mais rígidas, e os amortecedores, nova calibragem que, com os pneus de perfil 60 fizeram com que o modelo ficasse 12 milímetros mais baixos em relação à versão HLX, a top de linha do modelo.

Roberto Assunção
Cintos de segurança e costura dos bancos também são na cor vermelho

Quem procurar uma versão “pé-de-boi” sairá frustrado. O modelo vem apenas com ampla oferta de equipamentos, como ar-condicionado, direção hidráulica, vidros dianteiros elétricos, trave central, personalização de várias funções (pelo My Car Fiat), computador de bordo, duplo porta-luvas, entre outros itens. Básico, ele custa R$ 41.520 (na cor avaliada fica R$ 798 mais caro, subindo para R$ 42.318).

Roberto Assunção
Iluminação em vermelho e ponteiros em azul e branco dão tom do painel

Entre os opcionais estão o kit viva-voz para celular com tecnologia Bluetooth (sai por R$ 751), airbag para motorista (R$ 1.181) e passageiro (R$ 957), sidebags dianteiros (R$ 4.860), banco do motorista com regulagem elétrica de altura (R$ 2.651), toca-MP3 integrado ao painel (R$ 1.974), entre outros itens, alguns vendidos em kits.

Roberto Assunção
Volante traz boa empunhadura, e os comandos são o padrão do Fiat Palio

Há dois meses o Palio vem mantendo a dianteira do mercado nacional, à frente do Volkswagen Gol, o mais vendido do mercado há duas décadas. O Palio 1.8R é a prova de que nem só de modelos compactos baratos vive o mercado brasileiro.

 

FICHA TÉCNICA
Fiat Palio 1.8R

Motor: dianteiro, transversal,
quatro cilindros em linha, oito válvulas, bicombustível, 1.796 cm³ de cilindrada

Potência: 113 cv (gasolina) a
115 cv (álcool) a 5.500 rpm

Torque: 17,8 kgfm (gasolina) a
18,6 kgfm (álcool) a 2.800 rpm
Direção: hidráulica
Câmbio: manual, de cinco velocidades
Suspensão: dianteira independente tipo McPherson com barra estabilizadora; traseira independente, com barra estabilizadora e molas helicoidais
Freios: a disco na dianteira e
a tambor na traseira
Dimensões: 3,83 m de comprimento; 1,63 m de largura; 1,43 m de altura; 2,37 m de entreeixos
Peso: 1.073 kg
Tanque: 48 litros
Porta-malas: 290 litros
Preço: R$ 41.520

 























è Fique por dentro das notícias do mundo automotivo aqui.

è Inscreva-se aqui para receber gratuitamente o boletim Interpress Motor.

Publicado em 14/11/2006

voltar
© Carpress - Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução de conteúdo deste site em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico, sem autorização por escrito
Desenvolvido por ADR Web