Baixe o aplicativo  INTERPRESS MOTOR para seu iPhone / iPad Adicionar aos favoritos Recomende a um amigo Faça deste site sua página inicial
Lançamento
Opinião
Reportagem
Galeria de fotos
Notícias
Blog do Luís Perez
Manutenção
Vídeos
Caminhões e ônibus



Papel de parede
Jogos

Shopping









LANÇAMENTO
23/08/2012 - 14h04 Bookmark and Share
AVALIAÇÃO
Cobalt 1.8 custa de R$ 43.690 a R$ 49.990
Com motor mais potente, sedã da Chevrolet traz ainda câmbio automático
por LUÍS PEREZ, enviado especial a Indaiatuba (SP)
Lançado em novembro de 2011 apenas com motor 1.4, o Chevrolet Cobalt fez muito sucesso. Foram 40 mil unidades comercializadas desde então – 6.412 só no último mês. Agora o Cobalt ganha motor 1.8 Econo.Flex de 106 cv com gasolina a 108 cv com etanol. Segundo a General Motors do Brasil, 90% do torque (de 16,4 kgfm a 17,1 kgfm) está disponível já a 2.500 rpm.

Além do novo motor, agora o carro traz, além da transmissão manual de cinco velocidades, a automática de seis, já conhecida dos modelos Cruze, Sonic e Spin. O câmbio manual ganhou melhorias como os novos seletores de engate, que requerem menor esforço e garantem mais precisão nas trocas. O automático oferece trocas sequenciais.

Chevrolet Cobalt - foto Divulgação
O Chevrolet Cobalt ganha motor 1.8 e câmbio automático

Galeria de fotos Mais fotos na galeria.

"A transmissão se adapta ao estilo de condução do motorista e conta com uma lógica de calibração que seleciona as marchas segundo a necessidade", afirma Paulo Riedel, diretor de Engenharia de Powertrain da GM América do Sul. "Por exemplo, em uma descida, a transmissão reduz marchas para ajudar a segurar o carro, mesmo sem a intervenção do condutor. Em subidas, ela evita trocas desnecessárias de marcha, utilizando melhor a faixa de torque."

Dados fornecidos pela General Motors do Brasil indicam que o Cobalt 1.8 com gasolina acelera de 0 a 100 km/h em 10,5 segundos na versão manual e 11,1 segundos na automática, enquanto com etanol cumpre a prova em 10,5 segundos com o manual e 10,9 segundos com o automático. Em todas as configurações, o modelo tem velocidade máxima de 170 km/h.

O Cobalt 1.8 tem detalhes estéticos externos que o diferenciam do 1.4. Na versão LT (de entrada), que vem com calota, o 1.8 tem uma de desenho exclusivo. Na traseira há um spoiler. A versão LTZ (top de linha) traz rodas de liga leve com design exclusivo e acabamento diamantado, o mesmo aerofólio traseiro e faróis dianteiros com acabamento em dark chrome (máscaras levemente escurecidas). As lanternas traseiras também são diferenciadas e têm as lentes transparentes, deixando os refletores cromados à mostra.

Chevrolet Cobalt - foto Divulgação
Console central foi redesenhado para receber nova alavanca

Por dentro o modelo traz painel em dois tons, iluminação Ice Blue com LEDs dos instrumentos que misturam mostradores digitais e analógicos, aplicação do inserto com pintura exclusiva no volante, combinado com detalhes cromados no painel de instrumentos e nos painéis de porta, entrada USB e fontes de energia no console central. A versão 1.8 tem volante de couro na versão LT automática e em todas as LTZ.

Além disso, todas as versões equipadas com a transmissão automática vêm com controlador de velocidade com botões de acionamento no volante. O carro vem com console central desenhado para receber a alavanca de câmbio automático, luz interna individual no teto e acabamentos cromados no painel de instrumentos.

Os preços do modelo partem de R$ 43.690, valor da versão LT manual. A LT automática sai por R$ 46.690. Já a LTZ manual custa R$ 46.990. A automática chega por R$ 49.990. "Esperamos, dentro da gama 1.8, vender 50% de cada tipo de câmbio", afirma Gustavo Colossi, diretor de marketing da GM do Brasil.

Em um primeiro contato (dirigimos uma versão automática e uma manual no campo de provas da GM, em Indaiatuba), chama a atenção a esperteza do modelo. Extremamente ágil, vai causar sensação e, por parte de quem comprou a 1.4 e queria mais potência, talvez arrependimento. A troca sequencial é feita por um botão no alto da alavanca, exatamente como no Cobalt e na Spin.

A versão LT já vem com ar-condicionado, direção hidráulica, desembaçador traseiro e travas elétricas. Tem também airbag duplo frontal, grade dianteira cromada, coluna de direção com regulagem de altura, freios ABS (antitravamento) com EBD, vidros elétricos nas portas dianteiras, alarme antifurto, computador de bordo e luz de leitura para os passageiros do banco de trás.

A LTZ vem ainda com rodas de liga leve, farol de neblina dianteiro, maçanetas internas e comandos do ar-condicionado cromados, volante com revestimento em couro e controles de rádio e celular, barra cromada na traseira, rádio AM/FM com leitor para MP3, Bluetooth e entrada USB, espelhos retrovisores com regulagem elétrica, acionamento elétrico para todos os vidros e sensor de estacionamento. O carro vem com três anos de garantia sem limite de quilometragem.

De resto, o Cobalt, que é fabricado em São Caetano do Sul (SP), vem com o conhecido nível de equipamentos, além do porta-malas com impressionantes 563 litros. "O Cobalt é um modelo que vem agradando a diversos tipos de consumidores: famílias, motoristas de táxi e jovens pela versatilidade, espaço interno e capacidade de porta-malas. A chegada de um novo motor e a opção do câmbio automático certamente trarão novos clientes", diz Grace Lieblein, presidente da GM do Brasil.

leia             mais LEIA TAMBÉM: Interpress Motor passa a se chamar Carpress.

leia             mais Nova Ranger chega para incomodar suas rivais.

leia             mais Fiat reestiliza Palio Weekend, Strada e Siena EL.

leia             mais Sonic chega para somar na linha Chevrolet

leia             mais Citroën lança DS3 por R$ 79.900.

leia             mais Lexus traz carros de R$ 218.500 a R$ 615 mil.

leia             mais Cruze Sport6 custa de R$ 64.900 a R$ 79.400.

leia             mais Kia Optima chega a partir de R$ 96.900.

leia             mais Grand Siena custa de R$ 38.710 a R$ 48.210.

leia             mais Corolla XRS quer provar que as aparências enganam.

leia             mais No blog: aparências, nada mais...

leia             mais Chevrolet revoluciona sua picape média S10.

leia             mais Novo Peugeot 308 empolga mais na versão 1.6

leia             mais Range Rover Evoque conversível estará em Genebra

leia             mais Brasileira é nomeada presidente da GM Argentina.

leia             mais EcoSport agora é um modelo global.

leia             mais Ford investe R$ 800 milhões em novo modelo.

leia             mais Novo Civic mantém virtudes e corrige defeitos

leia             mais Fiat corrige rota do Palio no mercado.

leia             mais Chevrolet Cobalt custa de R$ 39.980 a R$ 45.980.

leia             mais Peugeot traz RCZ por R$ 139.900.

leia             mais Chevrolet Cruze parte de R$ 67.900.

leia             mais Fiat Cinquecento mexicano é o menor barato.

leia             mais Bonito, recheado e flex, novo Picanto custa R$ 34.900.

leia             mais Dirigimos o Range Rover Evoque no Reino Unido.

leia             mais Volkswagen revela novo Up em detalhes.

leia             mais Nissan relança Frontier Attack por R$ 93.900.

leia             mais J6 pretende reanimar segmento de minivans.

leia             mais Siga Carpress no Twitter.

leia             mais Maioria se informa sobre carros pela internet.

leia             mais Anuncie em Carpress. Peça aqui sua proposta.

leia             mais Compare preços no Shopping Carpress.

leia             mais Quer receber o boletim CarpressCadastre-se


voltar
Carpress | Shopping | Expediente
© 2006-2014 Carpress - Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução de conteúdo deste site em qualquer meio
de comunicação, impresso ou eletrônico, sem autorização por escrito
Desenvolvido por AD&R Web