Baixe o aplicativo  INTERPRESS MOTOR para seu iPhone / iPad Adicionar aos favoritos Recomende a um amigo Faça deste site sua página inicial
Lançamento
Opinião
Reportagem
Galeria de fotos
Notícias
Blog do Luís Perez
Manutenção
Vídeos
Caminhões e ônibus



Papel de parede
Jogos

Shopping









LANÇAMENTO
27/08/2011 - 11h44 Bookmark and Share
AVALIAÇÃO
Bonito, recheado e flex, Picanto custa R$ 34.900
Com visual mais esportivo, nova geração do compacto da Kia tem preço atraente
por ALBERTO POLO JÚNIOR, enviado especial a Indaiatuba (SP)
Apresentada no último Salão de Genebra (Suíça) em março, a segunda geração do Kia Picanto já está à venda no Brasil desde a última segunda (22). Além do novo visual, o modelo sul- coreano traz o inédito sistema flex como novidade para concorrer no disputado segmento dos compactos. O preço subiu R$ 1.000. O Picanto 2012 começa nos R$ 34.900 e vai até os R$ 44.900.

Kia Picanto - foto Divulgação

Kia Picanto - foto Divulgação

Kia Picanto - foto Divulgação
Segundo a Kia, a dianteira do Picanto foi inspirada em um tigre

O menor dos Kia fez sua estreia em 2004 e chegou ao Brasil dois anos depois. O modelo passou por duas ligeiras reestilizações e acumula 1,1 milhões de unidades vendidas nestes sete anos de mercado. Na segunda geração, a Kia aplicou a atual – e forte – identidade criada pelo designer alemão Peter Schreyer e deu ao modelo um visual contundente e esportivo.

Esse novo Picanto cresceu ligeiramente em relação ao antecessor. Agora são 3,59 metros de comprimento, 6 centímetros a mais. A largura permanece nos 1,59 m e a altura aumentou 1 cm, chegando a 1,49 m. A distância entreeixos agora é de 2,38 m (1,5 cm a mais). Já o porta-malas passa de 220 para 292 litros de capacidade.

O interior segue as linhas dinâmicas da carroceria. O Picanto tem bom acabamento, com encaixes corretos e revestimentos de boa qualidade. O único deslize fica para a falta de uma capa para a haste da trava do cinto de segurança do banco do motorista. A peça deixa à mostra o fio da luz indicadora do painel fixado com fita isolante.

Kia Picanto - foto Divulgação

Kia Picanto - foto Divulgação
O Picanto vai bem na estrada, mas seu lugar é na cidade

A posição de dirigir é boa e a ergonomia adequada. Dois passageiros viajam com conforto na frente, apesar da pouca largura. No banco traseiro falta espaço para as pernas dos mais altos e, muito embora existam três cintos de segurança retráteis de três pontos, cabem apenas duas pessoas ali.

O novo Picanto mantém o pacote completo de equipamentos da primeira geração. A versão de entrada vem recheada e inclui ar-condicionado, direção com assistência elétrica, vidros, travas e retrovisores com acionamento elétrico, airbag duplo, rodas de alumínio de 14 polegadas, faróis de neblina, além de sistema de áudio CD/MP3 player com entradas auxiliares para iPod e USB e controles no volante, também dotado de regulagem de altura. Com transmissão automática de quatro velocidades o preço vai a R$ 39.900.

A versão top de linha acrescenta freios ABS (antitravamento), airbags laterais dianteiros e de cortina, lanternas dianteiras e traseiras iluminadas com LEDs, parassóis com espelho e iluminação e teto solar elétrico. Vai estar disponível somente em outubro e custar R$ 39,9 com câmbio manual de cinco marchas e R$ 44,9 mil com transmissão automática. Todas as versões têm dez opções de cores para a carroceria. O interior sempre combina tons de preto e cinza.

Kia Picanto - foto Divulgação

Kia Picanto - foto Divulgação

Kia Picanto - foto Divulgação
Painel moderno, bom acabamento e opção de câmbio automático

O novo motor Kappa 1.0 12V do Picanto tem três cilindros e comando de válvulas variável. São 80 cv (cavalos) de potência a 6.200 rpm com uso de etanol, 16 cv a mais que a geração anterior, e 10,2 kgfm de torque máximo a 4.500 rpm. Com gasolina são 77 cv e 9,6 kgfm respectivamente.

Interpress Motor
avaliou o Picanto 2012 em um autódromo particular em Indaiatuba (SP). Apesar do local inadequado para esse segmento de veículo, foi possível perceber uma melhora no desempenho, com destaque para a pouca vibração do motor de três cilindros. A suspensão, que recebeu calibragem mais macia na nova geração, tem comportamento elogiável e dá ótima estabilidade ao compacto.

A versão com câmbio manual tem bons engates, enquanto que a automática se mostrou lenta dentro do circuito. Na condução urbana, contudo, deverá atender às expectativas. Não foi possível testar o comportamento do modelo em ruas remendadas e esburacadas, bem como seu desempenho na estrada.

Kia Picanto - foto Divulgação

Kia Picanto - foto Divulgação

Kia Picanto - foto Divulgação
O novo motor 1.0 flex tem três cilindros e 80 cv de potência

A Kia Motors do Brasil pretende vender 6.000 unidades do novo Picanto até o fim do ano e mais 18 mil em 2012, média mensal de 1.500 unidades. José Luiz Gandini, presidente da filial brasileira, acredita que venderia mais, porém a matriz não está conseguindo atender a alta procura pelo modelo nos mercados onde atua e limita os lotes enviados ao país.

Apesar do motor 1.0 e das dimensões mais próximas aos de compactos de entrada, como novo Fiat Uno, Ford Ka, Chevrolet Celta e Volkswagen Gol, a Kia mira o Picanto para o nicho onde hoje estão Citroën C3 e Peugeot 207. Bonito, bem equipado e dotado de acabamento e conjunto motriz de qualidade, o pequenino sul-coreano tem tudo para se tornar figura fácil nos grandes centros urbanos, seu verdadeiro habitat.

KIA PICANTO
DADOS DO VEÍCULO
Motor 3 cilindros em linha, flex, 998 cm³
Potência 80 cv a 6.200 rpm (etanol) e 77 cv a 6.200 rpm (gasolina)
Torque 10,2 kgfm a 4.500 rpm (etanol) e 9,6 kgfm (gasolina)
Transmissão manual de 5 velocidades ou automática de 4 velocidades
Peso 940 kg (manual) e 970 kg (automática)
Pneus 165/65 R14
Tanque 35 litros
Porta-malas 292 litros
Comprimento/largura/altura/entre-eixos 3,59/1,59/1,49/2,38 (em metros)
Fabricado na Coreia do Sul
PREÇOS
R$ 34.900 (versão de entrada com câmbio manual), R$ 34.900 (versão de entrada com câmbio automático),R$ 39.900 (versão topo com câmbio manual), R$ 44.900 (versão topo com câmbio automático)
ACELERAÇÃO DE 0 A 100
Não divulgado
VELOCIDADE MÁXIMA
Não divulgado
CONSUMO
Não divulgado
DE SÉRIE
Ar condicionado, direção elétrica, vidros, airbag duplo, travas e espelhos elétricos, CD/MP3 player com comandos no volante, rodas de alumínio (versão de entrada). Freios ABS (antitravamento), airbags laterais dianteiros e de cortina, lanternas dianteiras e traseiras iluminadas com LEDs, parassóis com espelho e iluminação e teto solar elétrico (versão topo)
OPCIONAIS
Não há
PRINCIPAIS CONCORRENTES
Citroën C3, Peugeot 207, Volkswagen Fox


voltar
Carpress | Shopping | Expediente
© 2006-2014 Carpress - Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução de conteúdo deste site em qualquer meio
de comunicação, impresso ou eletrônico, sem autorização por escrito
Desenvolvido por AD&R Web