Shopping Interpress
OPINIÃO
LANÇAMENTO
REPORTAGEM
BUSCA
FALE CONOSCO
BOLETIM
SHOPPING
INTERBLOG
NOTÍCIAS  





 Adicionar
aos favoritos


 Faça deste site
sua página inicial


 Recomende
a um amigo


 Faça o download da
apresentação de
INTERPRESS MOTOR





  O que é isso?

LANÇAMENTO
LINHA 2008
Em sua versão 2008, Fiesta defenestra velhos incômodos
Modelo produzido em Camaçari (BA) desde 2002 traz dianteira e interior renovados
por LUÍS PEREZ, do Guarujá (SP)

Reginaldo Manente/Divulgação
Fiesta traz novos conjunto óptico, grade e capô mais alto com vinco

À primeira vista, a reestilização do Ford Fiesta parece tímida: mudaram os faróis, que ficaram maiores e ganharam dupla parábola, e a grade dianteira, que agora é do tipo colméia. Só. De forma nenhuma. O modelo melhorou bastante, sobretudo se levados em conta alguns detalhes que de fato incomodavam seus proprietários – e este repórter escreve com a autoridade de quem teve um exemplar do veículo logo que ele começou a ser produzido em Camaçari (BA), em 2002.


Divulgação
Traseira muda pouco: lentes translúcidas e ré e parte inferior do pára-choque

Um olhar mais atento na dianteira, onde mais houve mudanças, permite perceber que agora a luz do pisca está na extremidade de fora do conjunto óptico, o que nem o Fiesta europeu tem (na versão anterior era junto à grade). Há um novo vinco no capô, que está mais alto, deixando a frente mais robusta e imponente. A grade é integrada ao pára-choque, deixando o conjunto mais harmonioso.

Na parte traseira, onde as mudanças de fato foram mais tímidas, há lentes de ré translúcidas (uma tendência no mercado; essa característica já faz parte, por exemplo, do Citroën C3 2007) e uma saia também mais integrada ao pára-choque. A lateral praticamente não registrou mudanças.

Divulgação
Versão Sedan acompanha mudanças; preço a partir de R$ 31.880 (1.0)

É hora então de falar do interior, maior motivo de dor de cabeça dos proprietários dos primeiros veículos que saíram da linha de montagem. Embora tenha sido aprimorado desde seu lançamento, em 2002, a Ford aproveitou para dar um salto em direção à preferência do público. Tratou então de instalar uma saída de ar mais simples de manusear (em suma, de abrir e fechar). As anteriores, com círculos sobrepostos, davam trabalho para direcionar o fluxo de ar, e dificilmente contentavam.

Em seu conjunto, o painel ganhou duas cores, escura em cima e clara embaixo, o que dá sensação de amplitude – pelo menos foi o que disseram técnicos da BMW ao lançar o Série 3 com essa característica no Brasil, em 1998. Console central e saídas de ar ganharam cor prata na versão Trend (na First permanecem em preto). Também foi reforçado o isolamento acústico.

Divulgação
Painel melhorou com a adoção de preto em cima e cinza embaixo, além...

Os mostradores de combustível e temperatura do óleo voltaram a ser analógicos – antes eram exibidas por meio de barrinhas, o que não agradava muito, além de proporcionar uma certa sensação de falta de economia. Por falar em economia, o Fiesta 2008 ganhou ainda tanque de combustível maior (subiu de 45 litros para 54 litros), o que proporciona maior autonomia, algo necessário sobretudo na era do flex, em que na região Sudeste é quase sinônimo de abastecer com álcool. Dados da montadora dão conta de que a autonomia atual é de 470 quilômetros se utilizado apenas álcool e 724 quilômetros caso se abasteça exclusivamente com gasolina.

Com essas melhorias, a Ford espera virar o jogo em suas pesquisas, nas quais itens como qualidade e aparência interna têm os menores índices de satisfação, com 56% e 57% de notas 9 ou 10 (levando-se em conta a versão hatchback). Campeões na satisfação são design externo e conforto, com 75% e 63% de notas máximas.

Divulgação
...de a versão Trend vir com cinza nas saídas de ar e no console central

Não foram alteradas as motorizações. Na versão 1.0, o modelo desenvolve de 71 cv (cavalos) com gasolina a 73 cv com álcool; na 1.6, 105 cv a 111 cv com gasolina e álcool, respectivamente. Há três versões de acabamento, na verdade chamadas de kits de opcionais, em ordem crescente de sofisticação: First (traz limpador e desembaçador do vidro traseiro), Trend (vem com retrovisor na cor do veículo) e Classe (ar-condicionado, direção hidráulica, vidro e trava elétricos de série).

Para ter um Fiesta 2008 na garagem, é preciso desembolsar um pouco mais do que há algumas semanas. A versão 1.0 hatch custa agora a partir de R$ 29.990 (era R$ 29.320), enquanto a 1.6 hatch aumentou apenas R$ 10 – passou de R$ 34.080 para R$ 34.090. No caso das versões Sedan, também houve reajustes: o 1.0 foi de R$ 31.390 para R$ 31.880, e o 1.6, de R$ 35.890 para R$ 36.020. Não houve apenas aumentos. "Em alguns catálogos os preços caíram", afirma Antonio Baltar, gerente-geral de marketing da Ford.

Divulgação
Mostradores, sobretudo o de combustível, ganharam feições analógicas

Ao que parece, a Ford ouviu seu consumidor na hora de fazer as mudanças. Trouxe uma frente mais agressiva, um interior mais refinado e maior autonomia, o que é necessário na era flex. Não é difícil prever que os fãs da marca e os que estavam indecisos sobre que modelo comprar vão responder à altura.

FICHA TÉCNICA

Ford Fiesta 1.0 e 1.6 Flex
Motor: dianteiro, transversal,

quatro cilindros em linha, flex,
999 cm³ (1.0) e 1.598 cm³
(1.6) de cilindrada
Potência: 71 cv (gasolina) a 73 cv (álcool) a 6.000 rpm (1.0) e
105 cv (gasolina) a 111 cv (álcool) a 5.500 rpm (1.6)

Torque: 9,1 kgfm (gasolina) a
9,3 kgfm (álcool) a 4.750 rpm
(1.0) e 14,6 kgfm (gasolina) a 15,5 kgfm (álcool) a 4.250 rpm (1.6)

Câmbio: manual, de cinco velocidades

Suspensão: dianteira independente tipo McPherson; traseira semi-independente, com auto-estabilizante Twist Beam

Freios: a disco na dianteira e a tambor na traseira

Dimensões: 3,91 m (hatch) e
4,20 m (Sedan) de comprimento; 1,68 m de largura; 1,45 m (hatch) e 1,49 m (Sedan) de altura; 2,49 m de entreeixos

Tanque: 54 litros
Porta-malas: 305 litros (hatch) e
478 litros (Sedan)

Preços: R$ 29.990 (1.0 hatch),
R$ 34.090 (1.6 hatch), R$ 31.880 (1.0 Sedan) e R$ 36.020 (1.6 Sedan)


Publicado em 30/01/2007

voltar
Interpress Comunicações | Expediente | Indique este sitePublicidade
© Interpress Comunicações - Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução de conteúdo deste site em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico, sem autorização por escrito
Desenvolvido por AD&R web