Baixe o aplicativo  INTERPRESS MOTOR para seu iPhone / iPad Adicionar aos favoritos Recomende a um amigo Faça deste site sua página inicial
Lançamento
Opinião
Reportagem
Galeria de fotos
Notícias
Blog do Luís Perez
Manutenção
Vídeos
Caminhões e ônibus



Papel de parede
Jogos

Shopping









LANÇAMENTO
04/06/2014 - 15h25 Bookmark and Share
AVALIAÇÃO
Porsche Macan lembra um hatch anabolizado
SUV compacto chega em duas versões, de R$ 399 (340 cv) e R$ 499 mil (400 cv)
por RODRIGO LARA, enviado especial a Porto Feliz (SP) / fotos Luís França
Um mercado em que o segmento de luxo está aquecido e um produto interessante. É nesses dois fatores que a Porsche aposta com a chegada do utilitário esportivo Macan ao país. Mais do que simplesmente um novo produto, a fabricante alardeia que o modelo, na verdade, é um produto novo: um crossover com alma de 911, principal esportivo da Porsche.

Ainda que soe como uma bravata de marketing, a proposta não é exatamente nova: o Range Rover Evoque, um dos possíveis concorrentes do Macan, também une bem o porte parrudo com uma dirigibilidade digna de hatch médio. Se no mundo a marca planeja que o Macan fique atrás apenas do Cayenne em número de vendas, por aqui a Porsche quer que o novato supere o já estabelecido SUV.

Desafio complicado, considerando que o Macan é menor por fora e por dentro em relação ao Cayenne, mas mesmo assim é mais caro. O novato sai por R$ 399 mil iniciais na versão S, contra R$ 349 mil da versão V6 do Cayenne, a mais em conta. Por aqui haverá duas versões, as duas com tração integral. A já citada versão S, com motor 3.0 V6 de 340 cv, e a Turbo (R$ 499 mil), que traz propulsor 3.6 V6 de 400 cv. O câmbio é o mesmo para as duas, um PDK automatizado de dupla embreagem, com sete velocidades.

Porsche Macan - foto Divulgação

Porsche Macan - foto Divulgação

Porsche Macan - foto Divulgação

Porsche Macan - foto Divulgação
Macan, que vem com motores 3.0 e 3.6 e câmbio de sete marchas


O Macan é mais um capítulo da quebra de paradigmas dentro da Porsche. Antes dele Cayenne e depois Panamera também fizeram os puristas torcerem o nariz, por mais que esses modelos sejam fundamentais para a saúde financeira da companhia. Com o Macan, entretanto, a história tende a ser diferente. Enquanto a Porsche afirma que quis dar ao crossover "alma de 911", o que é notável ao primeiro contato é se que trata de um carro que realmente une características distintas.

Seu porte lembra o de um hatch de proporções grandes, longe de ser um modelo que se esforça para emular as proporções de um SUV. Nessa conta entram o perfil descendente do teto na traseira, as grandes rodas posicionadas nas extremidades da carroceria e o visual invocado, ressaltado pelas grandes tomadas de ar na dianteira. Não se distancia, entretanto, da linguagem visual do restante da linha Porsche. Há elementos familiares, como o formato dos faróis e, até certo ponto, das lanternas.

Outro ponto que remete aos demais Porsche é o interior. Bem acabado e com uso extenso de materiais de qualidade, ele traz quatro lugares bem definidos. Essa situação se escancara na dianteira, com um console central alto dividindo os bancos e que agrega, além da alavanca do câmbio PDK, botões que controlam parâmetros do modelo, como a sensibilidade do controle de estabilidade.

Porsche Macan - foto Divulgação

Porsche Macan - foto Divulgação
Modelo traz bom nível de equipamento, mas é caro

No painel a organização é clássica, com o conta-giros em evidência e, em tamanho reduzido, velocímetro e uma tela digital que apresenta informações do computador de bordo e do navegador GPS. É um ambiente aconchegante, mas que tem claras pretensões esportivas.

Ao volante

Há uma dúvida ao encarar o Macan: será que ele estaria mais para Cayenne ou para 911? Antes de responder a essa questão, convém olhar com mais atenção os detalhes do modelo.

Nesse ponto, há duas reações imediatas, porém opostas. A cabine do Macan é bem acabada, como convém a um carro dessa estirpe. O ambiente da unidade avaliada por Carpress, um Macan S, utilizava a cor preta, reforçando o aspecto esportivo. Não é a única possibilidade de tom do revestimento, podendo ser caramelo ou vermelho, por exemplo.

Sobre as reações mistas, o interior do carro de fato utiliza materiais de bom tato em sua construção, seja no painel ou nos bancos, que são confortáveis sem deixarem de apoiar bem o corpo. O lado ruim é que faltam alguns equipamentos, como saídas de ar-condicionado na traseira e iluminação dos espelhos de cortesia. Outro ponto negativo é o espaço vertical no banco traseiro, que tende a deixar os passageiros mais altos desconfortáveis devido ao teto baixo.

É preciso confessar, entretanto, que ao volante essas falhas se tornam meros detalhes. Achar uma boa posição para se dirigir é tarefa simples e requer poucos ajustes nos bancos e na coluna de direção (ambos movidos eletricamente). Uma vez posicionado, a pegada lembra a de um modelo esportivo.

Essa lembrança também se repete com o Macan em movimento. Cayenne ou 911? A resposta correta seria "nenhum dos dois". O Macan na verdade lembra um hatch anabolizado ao volante. Não é abrutalhado no trânsito, ambiente no qual a maioria dos seus futuros donos o utilizará. Ágil, torna simples algumas tarefas, como trocar de faixa de rolamento ou estacionar. A suspensão pneumática, item de série nos modelos vendidos no Brasil, torna o rodar confortável, mesmo sobre pisos irregulares.

Porsche Macan - foto Divulgação

Porsche Macan - foto Divulgação

Porsche Macan - foto Divulgação
Ambiente no interior é aconchegante

É na hora de pegar uma estrada, no entanto, que o Macan mostra suas melhores qualidades. Na versão avaliada, o motor 3.0 V6 do Macan S desempenha bem ao permitir o modelo acelerar de maneira convincente. Em dupla com o câmbio PDK, ele ajuda a criar um patamar de desempenho inédito para a categoria.

A única lamentação nesse quesito fica pelo fato de que não foi possível sentir como o carro se comporta em curvas, assim como em terrenos menos amistosos – o crossover inclui um modo off-road. Nas retas, entretanto, ele transmite segurança e o motorista menos atento corre sério risco de ser multado por excesso de velocidade. Nessa condição o Macan se posiciona como um digno modelo estradeiro.

Resta agora saber se o desempenho do Macan nas ruas e estradas se repetirá no mercado brasileiro, honrando o que a Porsche espera do modelo. Mais do que adversários externos, para cumprir essa missão o crossover depende unicamente da sua capacidade. Não estamos falando de questões como desempenho e conforto, mas sim de algo mais intangível: convencer o consumidor de que vale a pena pagar mais, mesmo com uma opção maior e mais em conta como o Cayenne dividindo o showroom.

leia             mais LEIA TAMBÉM: up! passa pela seção "Um mês com...".

 

leia             mais Volkswagen apresenta o novo up!.


leia             mais Hyundai faz mudanças pontuais na linha HB20.

leia             mais Saiba que carros serão lançados em 2014.

leia             mais Se preferir, veja os lançamentos do ano em ordem cronológica

leia             mais Conheça alguns esboços do novo Ford Ka.

leia             mais Ka Concept desnuda novo compacto global da Ford.

leia             mais Focus vence Civic em duelo de sedãs top.

leia             mais Chevrolet Agile ganha retoques para 2014.

leia             mais Agile e Sonic ganham série especial Effect

leia             mais Novo Camaro desembarca no Brasil por R$ 210 mil.

leia             mais Novo Volkswagen Golf parte de R$ 67.990.

leia             mais C4 Lounge adota soluções mais convencionais.

leia             mais Novo Focus hatch tem motor 1.6 e parte de R$ 60.990

leia             mais Focus Sedan tem "preço chamariz" de R$ 69.990

leia             mais Volkswagen Kombi, 56, se despede com série especial

leia             mais Toyota Etios ganha sofisticação para 2014; assista

leia             mais Para Ford, sistema start/stop é inútil no Brasil

leia             mais Audi anuncia que vai fabricar A3 Sedan e Q3 no Brasil

leia             mais Citroën C4 Lounge chega por R$ 59.990.

leia             mais New Fiesta brasileiro está longe de empolgar.

leia             mais Testamos com exclusividade o Nissan Altima no Brasil.

leia             mais Interpress Motor passa a se chamar Carpress.

leia             mais Siga Carpress no Twitter.

leia             mais Maioria se informa sobre carros pela internet.

leia             mais Anuncie em Carpress. Peça aqui sua proposta.

leia             mais Compare preços no Shopping Carpress.

leia             mais Quer receber o boletim CarpressCadastre-se


voltar
Carpress | Shopping | Expediente
© 2006-2014 Carpress - Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução de conteúdo deste site em qualquer meio
de comunicação, impresso ou eletrônico, sem autorização por escrito
Desenvolvido por AD&R Web