Baixe o aplicativo  INTERPRESS MOTOR para seu iPhone / iPad Adicionar aos favoritos Recomende a um amigo Faça deste site sua página inicial
Lançamento
Opinião
Reportagem
Galeria de fotos
Notícias
Blog do Luís Perez
Manutenção
Vídeos
Caminhões e ônibus



Papel de parede
Jogos

Shopping









LANÇAMENTO
16/09/2012 - 02h25 Bookmark and Share
AVALIAÇÃO
A1 Sportback ganha 4 portas para estrear de vez
Com mesmo espaço interno de de 2 portas, hatch da Audi parte de R$ 94.900
por NELSON DOS SANTOS PINTO, enviado especial a Itupeva (SP)
Até o final da década de 80, automóveis de quatro portas no Brasil eram considerados "carros de taxista". O mercado mudou, consumidores – em especial as famílias – perceberam as inúmeras vantagens das entradas adicionais e agora são modelos de duas portas que viraram nicho. Essa virada explica por que o Audi A1 Sportback, recém-lançado no Brasil, será responsável por mais de 75% das vendas do hatch compacto.

Isso mesmo sendo mais caro: a versão de 122 cv custa R$ 94.900, enquanto a de 185 cv sairá por R$ 114.900 – as duas vêm com motor 1.4 e câmbio automatizado de dupla embreagem e sete marchas. “Muitos consumidores do A1 nunca tiveram um Audi, e lhes faltava a opção de quatro portas”, explica Lothar Werninghaus, engenheiro da marca no Brasil. Contudo a marca optou por não aumentar drasticamente as medidas do modelo: tanto o comprimento (3,95 metros) quanto o entre-eixos (2,47 m) são exatamente os mesmos.

A proeza foi obtida com o encurtamento das portas dianteiras, reposicionamento da coluna "B" (a que fica entre as duas portas) e uma ligeira elevação do teto, de mero 0,6 centímetro. A versão também é milimetricamente mais larga devido ao reposicionamento das maçanetas.

Audi A1 Sportback - foto Divulgação

Audi A1 Sportback - foto Divulgação
Audi A1 Sportback: hatch alemão agora com quatro portas

Por dentro o crescimento foi maior, com um ganho de 9,1 cm para os ombros de quem vai atrás. Segundo o engenheiro, a mudança se deu porque a forração da porta traseira é mais fina do que o acabamento presente na versão de duas portas.

Na prática a principal vantagem do A1 Sportback é facilitar o embarque dos passageiros traseiros e, para a felicidade de pais e mães, a colocação de cadeirinhas para crianças. Porém, como não houve incremento nas medidas, quem vai atrás segue com um espaço modesto.

Com túnel central elevado e teto baixo (acredite, o 0,6 cm extras são imperceptíveis para quem vai atrás), os terceiros e quarto passageiros têm espaço digno de um hatch compacto – o A1 usa a mesma plataforma do novo Volkswagen Polo europeu. Levar cinco pessoas, só se o motorista quiser levar também uma multa: a região central do assento traseiro oferece apenas um porta-objetos e porta-copos.

Se o A1 Sportback segue apertado como sempre, ele também continua divertido, principalmente em sua versão mais potente, de 185 cv. Até o nome reflete sua pegada esportiva: Audi A1 Sportback Sport. Carpress avaliou o modelo em um test-drive de 100 quilômetros na região de Itupeva (SP).

Audi A1 Sportback - foto Divulgação

Audi A1 Sportback - foto Divulgação
No alto, interior do modelo, que tem motores de 122 cv e 185 cv

As portas extras não prejudicaram o desempenho do A1 Sportback, capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 9 segundos (a versão Sport é 2s mais rápida). Os números são, respectivamente, 0,1 s mais altos do que as duas variantes do A1 de duas portas. A velocidade máxima ficou inalterada, batendo os 203 km/h na versão de 122 cv e 227 km/h na de 185 cv.

A versão testada foi a mais potente, equipada com o mesmo motor da versão apimentada (leia aqui) do A1 de duas portas. Enquanto normalmente um motor sobrealimentado usa ou um turbo (bom para altas rotações, mas sem torque em baixa) ou um compressor (o oposto), o conjunto da versão Sport associa os dois equipamentos, que podem funcionar sozinhos ou simultaneamente. O eficiente motor é acoplado ao rápido câmbio S-Tronic de sete marchas e dupla embreagem.

Toda essa potência é transferida somente para as rodas dianteiras, cuja tração é assegurada por um sistema chamado EDL, ou vetorização de torque. Em português, significa que o A1 compensa a ausência do diferencial de deslizamento limitado (presente, por exemplo, no antigo Honda Civic Si) com uma calibração do ABS que faz as vezes do equipamento. Quase tão eficiente, mas mais barato e com menos peças para quebrar.

De série, só a diversão

Deixando os termos técnicos de lado, hora de botar o A1 Sportback na estrada. Fácil de manobrar, ele só exige cuidado com finas no para-choque traseiro, pois o sensor de estacionamento é opcional. Outros equipamentos que são cobrados à parte são o ar-condicionado digital, teto solar, controlador de velocidade, sistema de navegação com tela rebatível manualmente, rádio com leitor de cartões SD (não há entrada USB), partida do carro sem a chave e até bancos dianteiros com regulagem de altura.

Felizmente as melhores partes do A1, seu conjunto mecânico, são de série. Um pouco mais pesado (25 kg extras), o modelo exibe desempenho idêntico ao das outras versões de duas portas. Com acelerações vigorosas e estabilidade digna de modelos mais luxuosos, o A1 Sportback é gostoso de guiar em estradas, mas fica melhor ainda se forem sinuosas. E agora tem uma vantagem: passageiros que forem atrás que tenham propensão de enjoar podem abaixar as janelas durante uma indisposição.

Audi A1 Sportback
DADOS DO VEÍCULO
Motor
 quatro cilindros em linha, 16 válvulas, turbo, gasolina, 1.390 cm³
Potência 122 cv a 5.000 rpm; Sport, 185 cv a 6.200 rpm
Torque 20,4 kgfm a 1.500 rpm; Sport, 25,5 kgfm a 2.000 rpm
Transmissão automatizada de sete velocidades, com dupla embreagem
Peso 1.575 kg
Pneus 205/55R15
Tanque 45 litros
Porta-malas 270 litros
Comprimento/largura/altura/entre-eixos 3,95/1,75/1,42/2,47 (em metros)
Fabricado na Alemanha
PREÇOS

R$ 94.900 (entrada) e R$ 114.900 (Sport)
ACELERAÇÃO DE 0 A 100
9 segundos (7s na versão Sport)
VELOCIDADE MÁXIMA
203 km/h (227 km/h na versão Sport)
CONSUMO
Não divulgado
DE SÉRIE

Airbags, freios com ABS e ESP, iluminação por LEDs
OPCIONAIS
Iluminação interna com LEDs, pacote de conectividade, rádio Concert com tela dobrável
PRINCIPAIS CONCORRENTES
Mini Cooper, Citroën DS3, Fiat 500


leia             mais LEIA TAMBÉM: VW Touareg ganha versão R-Line por R$ 333.700.

leia             mais Cobalt 1.8 custa de R$ 43.690 a R$ 49.990.

leia             mais Novo EcoSport quer fazer a Ford rir por último.

leia             mais Interpress Motor passa a se chamar Carpress.

leia             mais Nova Ranger chega para incomodar suas rivais.

leia             mais Fiat reestiliza Palio Weekend, Strada e Siena EL.

leia             mais Sonic chega para somar na linha Chevrolet

leia             mais Citroën lança DS3 por R$ 79.900.

leia             mais Lexus traz carros de R$ 218.500 a R$ 615 mil.

leia             mais Cruze Sport6 custa de R$ 64.900 a R$ 79.400.

leia             mais Kia Optima chega a partir de R$ 96.900.

leia             mais Grand Siena custa de R$ 38.710 a R$ 48.210.

leia             mais Corolla XRS quer provar que as aparências enganam.

leia             mais No blog: aparências, nada mais...

leia             mais Chevrolet revoluciona sua picape média S10.

leia             mais Novo Peugeot 308 empolga mais na versão 1.6

leia             mais Range Rover Evoque conversível estará em Genebra

leia             mais Brasileira é nomeada presidente da GM Argentina.

leia             mais EcoSport agora é um modelo global.

leia             mais Ford investe R$ 800 milhões em novo modelo.

leia             mais Novo Civic mantém virtudes e corrige defeitos

leia             mais Fiat corrige rota do Palio no mercado.

leia             mais Chevrolet Cobalt custa de R$ 39.980 a R$ 45.980.

leia             mais Peugeot traz RCZ por R$ 139.900.

leia             mais Chevrolet Cruze parte de R$ 67.900.

leia             mais Fiat Cinquecento mexicano é o menor barato.

leia             mais Bonito, recheado e flex, novo Picanto custa R$ 34.900.

leia             mais Dirigimos o Range Rover Evoque no Reino Unido.

leia             mais Volkswagen revela novo Up em detalhes.

leia             mais Nissan relança Frontier Attack por R$ 93.900.

leia             mais J6 pretende reanimar segmento de minivans.

leia             mais Siga Carpress no Twitter.

leia             mais Maioria se informa sobre carros pela internet.

leia             mais Anuncie em Carpress. Peça aqui sua proposta.

leia             mais Compare preços no Shopping Carpress.

leia             mais Quer receber o boletim CarpressCadastre-se


voltar
Carpress | Shopping | Expediente
© 2006-2014 Carpress - Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução de conteúdo deste site em qualquer meio
de comunicação, impresso ou eletrônico, sem autorização por escrito
Desenvolvido por AD&R Web