Baixe o aplicativo  INTERPRESS MOTOR para seu iPhone / iPad Adicionar aos favoritos Recomende a um amigo Faça deste site sua página inicial
Lançamento
Opinião
Reportagem
Galeria de fotos
Notícias
Blog do Luís Perez
Manutenção
Vídeos
Caminhões e ônibus



Papel de parede
Jogos

Shopping









LANÇAMENTO
26/09/2010 - 18h00 Bookmark and Share
AVALIAÇÃO
Montana ganha cara do Agile e mais robustez
Apenas em cabine simples, picape traz a versão de entrada LS e a top Sport
por ANAMARIA RINALDI, enviada especial a Porto de Galinhas (PE)
A picape compacta Chevrolet Montana ganhou um novo visual. O modelo ficou mais alto, mais robusto e ganhou nova suspensão, mudanças que contribuíram para deixá-lo com mais jeito de picape. Antes derivado do Corsa de 2002, o novo modelo passa a ser o segundo da família Viva e exibe linhas inspiradas no hatch Agile.

A nova picape chega em duas versões, ambas com cabine simples. A versão de entrada LS, direcionada para o uso no trabalho, possui quatro configurações possíveis. A mais simples custa R$ 31.990, a seguinte custa R$ 34.435 e traz a mais direção hidráulica e computador de bordo.

A terceira configuração custa R$ 37.653 e conta com rodas de aço de 15 polegadas e ar-condicionado com display digital. A última configuração possível da Montana LS sai por R$ 39.933 e incorpora ainda alarme, vidros e travas elétricas, freios com ABS e duplo airbag.

Chevrolet Montana - foto Divulgação

Chevrolet Montana - foto Divulgação


Chevrolet Montana - foto Divulgação

Chevrolet Montana - foto Divulgação
A Chevrolet Montana na versão top de linha Sport

Já a versão Sport, a top de linha, é mais voltada para o lazer e custa R$ 44.040. Traz a mais, de série, barra de proteção no teto, frisos, maçanetas e retrovisores na cor do veículo, faróis com máscara negra, lanternas fumê, rodas de alumínio de 15 polegadas, sensor crepuscular, faróis de neblina, controlador de velocidade e CD player com função MP3, Bluetooth, entrada auxiliar USB e para iPod.

Todas as versões trazem de série protetores de caçamba e de cárter e banco do motorista com ajuste de altura, além de vir com 25 porta-objetos na cabine. Entre os opcionais, estão capota marítima, santantônio, rack de teto, rodas de alumínio aro 16, sensor de estacionamento e navegador com GPS integrado ao painel.

A nova Montana é equipada com motor 1.4 Econo.Flex, que entrega 97 cv (cavalos) de potência com gasolina a 102 cv com álcool. Dados fornecidos pela GM do Brasil indicam que seu consumo médio é de 13,6 km/l quando abastecido com gasolina e 9,7 km/l com álcool. A picape acelera de 0 a 100 km/h em 12 segundos e atinge uma velocidade máxima de 170 km/h com álcool e 168 km/h com gasolina.

Vem equipada com câmbio manual de cinco velocidades, com a primeira marcha mais curta e a quinta mais longa, e lubrificação permanente, o que extingue a necessidade de trocar o óleo da transmissão. O modelo está disponível em oito opções de cores, incluindo a Verde Jásper, criada para o lançamento e que terá apenas algumas unidades.

Chevrolet Montana - foto Divulgação

Chevrolet Montana - foto Divulgação

Chevrolet Montana - foto Divulgação
Versão LS (no alto) é voltada ao trabalho; tampa tem chave

Quanto ao design, a nova Montana mudou bastante. A dianteira ganhou a feição do hatch Agile, com grade secionada e faróis que invadem o para-choque. Nas laterais o modelo ganhou linhas mais marcantes na caçamba que envolvem o degrau lateral, um item característico da Montana, que permanece no modelo e agora está um pouco maior. Já na traseira, a picape recebeu também novas lanternas e o principal destaque é a porta da caçamba um pouco mais baixa para melhorar a visibilidade. Os novos para-choques, aliados à carroceria mais alta, contribuem para dar ao modelo um visual mais robusto.

O comprimento da nova Montana é de 4,51 metros e a altura mínima do solo é de 1,7 m. Em relação ao modelo anterior, lançado em 2003, este ficou 80 milímetros mais longo e 50 mm mais alto. Já a capacidade da caçamba é de 1.100 litros, podendo transportar uma carga útil de até 758 kg, mais a capacidade de carga de 164 litros atrás dos bancos na cabine. O acabamento interno apresenta grafismos simples, feito em negro com detalhes em cromado, e o painel possui iluminação azul.

Durante um test-drive realizado com a nova picape Montana Sport na região de Ipojuca, em Pernambuco, Interpress Motor notou que o motor se sai muito bem com a caçamba vazia, mas faltou a oportunidade de testar o motor 1.4 com a caçamba carregada. A perfomance da picape em estrada se mostrou satisfatório, com boa aceleração e rápidas retomadas, mas a impressão que se tem é que o motor é fraco para quando o veículo estiver com a caçamba cheia.

Chevrolet Montana - foto Divulgação

Chevrolet Montana - foto Divulgação

Chevrolet Montana - foto Divulgação

Chevrolet Montana - foto Divulgação
Interior traz praticidades segue visual do hatch Agile

Segundo Denise Johnson, presidente da GM do Brasil, por enquanto não existe a expectativa de lançar a Montana com outra motorização. "Esse motor possui uma boa relação entre potência e consumo, mas vamos ver a reação do mercado. Se houver demanda por um motor mais potente, podemos alterar isso", afirma.

Os pontos fortes ficam com o novo design e a melhor visibilidade, criada a partir da carroceria mais alta, da porta da caçamba com desnível e da posição do santantônio. A ergonomia e a dirigibilidade também agradam no novo modelo, que possui ajustes de altura do banco e do volante. O conforto interno é outro destaque da nova Montana, que deixa a impressão de estar em um carro de passeio.

Agradável no asfalto, a picape também não perde em conforto em terrenos irregulares. Foi possível observar o desempenho do modelo em um pequeno trecho off-road com a caçamba carregada com 400 kg. O que se nota é que a suspensão está mais firme, isso junto com a maior altura da carroceria tornam o modelo próprio para encarar trechos irregulares sem que o assoalho toque o solo.

O que falta também é espaço para transportar carga dentro da cabine. Atrás do banco do motorista não coube mais do que uma mochila. A Montana não possui versões com cabine estendida ou cabine dupla, como fazem as concorrentes Volkswagen Saveiro e Fiat Strada, respectivamente. E isso não deve mudar tão cedo.

Denise Johnson defende que a decisão por apresentar apenas versões com cabine simples se deve ao custo e ao tempo que seria gasto para desenvolver novas variedades de cabines. A nova picape Montana será produzida na fábrica de São Caetano do Sul, Grande São Paulo (o Agile é feito em Rosário, na Argentina), e a expectativa da GM é vender 3.500 unidades por mês no primeiro ano.

FICHA TÉCNICA
Chevrolet Montana
Motor:
dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 8V, flex, 1.389 cm³ de cilindrada
Potência: 97 cv (gasolina) a 102 cv (álcool) a 6.000 rpm
Torque: 13,2 kgfm (gasolina) a 13,5 kgfm (álcool) a 3.200 rpm
Direção: hidráulica (opcional)
Câmbio: manual de cinco velocidades
Suspensão: dianteira independente tipo McPherson com barra estabilizadora; traseira semi-independente com dois braços fundidos e amortecedores telescópicos hidráulicos pressurizados a gás
Freios: a disco na dianteira e a tambor na traseira
Dimensões: 4,51 m de comprimento; 1,70 m de largura; 1,57 m de altura; 2,66 m de entreeixos
Peso: 1.092 kg (LS) e 1.152 (Sport)
Tanque: 54 litros
Caçamba: 1.180 litros (sem protetor de caçamba) e 1.100 litros (com protetor de caçamba)
Preços: R$ 31.990 (LS R9L), R$ 34.435 (LS R9N), R$ 37.653 (LS R9P), R$ 39.933 (LS R7Q) e R$ 44.040 (Sport)


A jornalista Anamaria Rinaldi viajou a convite da General Motors do Brasil

leia             mais LEIA TAMBÉM: Acompanhe o "Um mês com..." o Aircross.

leia             mais Citroën C4 2011 ganha versão esportiva.

leia             mais Novo Fiat Uno encara o teste dos 30 dias.

leia             mais VW Gol em versão 4x4 de 280 cavalos.

leia             mais Punto com novo motor E.torQ 1.6 parte de R$ 44.190.

leia             mais Dirigimos em primeira mão o Mercedes ML 350 CDI; veja.

leia             mais Novo VW Jetta aparece sem disfarces nos EUA

leia             mais Andamos no novo Uno; confira galeria.

leia             mais Citroën mostra Aircross por dentro; veja galeria.

leia             mais Toyota começa recall do Corolla.

leia             mais Hoggar parte de R$ 31.400; veja álbum.

leia             mais Já avaliamos o Ford Fiesta 2011, em Buenos Aires.

leia             mais Até a Fiat já revela fotos do novo Uno

leia             mais Professor Pasquale testa Fiat 500; veja galeria.

leia             mais Classic 2011 mira "nova classe média".

leia             mais Ford produzirá carro inédito na Argentina

leia             mais Volvo C30 reestilizado parte de R$ 79.900.

leia             mais VW Saveiro Cross custa a partir de R$ 41.840.

leia         mais Citroën C3 Picasso é flagrado em testes.

leia             mais Siga Interpress Motor no Twitter.

leia             mais Maioria se informa sobre carros pela internet.

leia             mais Anuncie em Interpress Motor. Peça aqui sua proposta.

leia             mais Compare preços no Shopping Interpress Motor.

leia             mais Quer receber o boletim Interpress Motor? Cadastre-se


voltar
Carpress | Shopping | Expediente
© 2006-2014 Carpress - Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução de conteúdo deste site em qualquer meio
de comunicação, impresso ou eletrônico, sem autorização por escrito
Desenvolvido por AD&R Web