Baixe o aplicativo  INTERPRESS MOTOR para seu iPhone / iPad Adicionar aos favoritos Recomende a um amigo Faça deste site sua página inicial
Lançamento
Opinião
Reportagem
Galeria de fotos
Notícias
Blog do Luís Perez
Manutenção
Vídeos
Caminhões e ônibus



Papel de parede
Jogos

Shopping









LANÇAMENTO
28/10/2009 - 08h34 Bookmark and Share
AVALIAÇÃO
Semblante europeu incrementa o novo VW Fox
Além da dianteira, mudança mais radical do compacto ocorreu no interior
por LUÍS PEREZ, enviado especial a Brasília (DF)

Um novo design exterior, que o deixou com a cara do Polo europeu, alinhado com o novo estilo global da Volkswagen. Interior totalmente reformulado (traz até porta-luvas!), com maior qualidade de materiais, sem abrir mão da quantidade de porta-objetos (são 17). Novo painel de instrumentos. E, de quebra, a opção de transmissão automatizada ASG (Automated Sequential Gearbox). Assim é o Fox, que passou por uma considerável reformulação.

Outros opcionais do modelo são o teto solar e o sensor de estacionamento. No mais, o modelo ganhou ares internos do Polo, I-System com display digital com seis funções e computador de bordo com sete funções (este opcional). O volante integra comandos de rádio e computador de bordo e, se for o caso, as borboletas de trocas de marcha do câmbio automatizado.

Os retrovisores externos agora vêm com seta integrada e sistema "tilt-down", que rebate apontando para o meio-fio no engate da marcha à ré. Por fim, outro destaque interno que não existe nem no novo Gol são luzes de leitura individuais para os passageiros do banco de trás.

Volkswagen Fox - foto Divulgação

Volkswagen Fox - foto Divulgação
O novo Volkswagen Fox, que ganha ares de Polo europeu

Galeria de fotos Confira mais imagens na galeria.

Lançado em 2003, o modelo Fox se tornou uma referência e compacto com bom aproveitamento do espaço interno. Problema é que o espaço interno não tinha conforto e sofisticação condizentes com a exigência do consumidor. Embora trouxesse uma engenhosa gaveta sob o banco do passageiro, o painel não dispunha de porta-luvas – agora incorporado.

O modelo continua com duas opções de motor: 1.0 de 72 cv (cavalos) com gasolina e 76 cv com etanol e 1.6 de 101 cv a 104 cv com gasolina e etanol, respectivamente. A transmissão automatizada está disponível apenas com a motorização 1.6.

Assim o novo Fox fica com as seguintes versões e preços: 1.0 duas portas (R$ 29.990) e quatro portas (R$ 31.830), 1.6 quatro portas (R$ 34.800; com ar-condicionado, trio elétrico, alarme, “tilt down”, alto-falantes com antena, I-System e luz de seta nos retrovisores, sobe para R$ 39.104), 1.6 quatro portas Prime (R$ 36.930; com ar, trio etc., sai por R$ 40.745), 1.6 quatro portas I-Motion (R$ 37.290; com ar, trio etc., custa R$ 42.503) e 1.6 quatro portas Prime I-Motion (R$ 39.400; com ar, trio etc., vai para R$ 43.306).

Logo na versão de entrada, o modelo traz de série farol de máscara negra com moldura em preto brilhante, tecido nas laterais das portas, relógio digital, direção hidráulica, limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro, gaveta embaixo do banco do motorista, porta-revistas atrás dos bancos dianteiros, entre outros itens.

É possível adquirir o pacote Trend, que inclui antena de teto e preparação para som, frisos laterais, maçanetas e espelhos na cor da carroceria, tecidos exclusivos dos bancos, faróis com dupla parábola, grade dianteira com e pára-sóis iluminados.

Volkswagen Fox - foto Divulgação

Volkswagen Fox - foto Divulgação
Motores são 1.0 e 1.6; acima, o interior totalmente reformulado

A versão top (Prime) oferece farol duplo com moldura em preto brilhante e detalhe interno cromado, faróis de neblina, retrovisores e maçanetas na cor do veículo, antena curta de teto, aerofólio na tampa traseira (que aliás ganhou um vinco...), ponteira de escapamento cromada esportiva, chave canivete, relógio digital, porta-malas com revestimento lateral, banco traseiro com encosto e assento rebatíveis, volante com regulagem de altura e profundidade, banco traseiro corrediço, para-sóis, porta-luvas e porta-malas iluminados, entre outros itens.

Interpress Motor avaliou o modelo em um trecho preparado pela marca em Brasília (DF), de pouco mais de 40 quilômetros. O que mais salta aos olhos é a melhoria do acabamento interno (uns 300% melhor...), em relação à versão anterior. Quando se emparelha com um Fox antigo, também é flagrante o avanço em termos de design, sobretudo na dianteira. Lateral e traseira também tiveram mudanças (aquela mais do que esta), mas bem mais discretas.

Quanto à estabilidade, o modelo simplesmente não mudou nada. Continua bastante ágil tanto em retas quanto nas curvas mais fechadas e, sobretudo, nas lombadas, o que pode ser creditado ao bom torque do motor. Avaliamos uma unidade com câmbio automatizado e pudemos constatar que continua sendo o melhor (leia-se mais suave) do mercado.

Dados fornecidos pela Volkswagen indicam que o novo Fox 1.0 acelera de 0 a 100 km/h em 14,8 segundos com gasolina e 14,2s com etanol, com velocidades máximas de 158 km/h e 160 km/h, respectivamente. Com gasolina, o consumo fica em 13,1 km/l na cidade e 17,3 km/l na estrada, marcas que com álcool são de 9,1 km/l e 11,9 km/l.

Na versão 1.6, a aceleração ocorre em 10,8s com gasolina e 10,5s, chegando a 183 km/h e 184 km/h. O consumo com gasolina fica em 12,5 km/l na cidade e 17,2 km/l na estrada. Com etanol, é de 8,5 km/l e 11,7 km/l, respectivamente.

Com a transmissão automatizada, a aceleração de 0 a 100 km/h acontece em 11,3s com gasolina e 11s com etanol. As máximas são idênticas às da versão com câmbio manual. O consumo com gasolina é muito semelhante: 12,6 km/l na cidade e 17,3 km/l na estrada. Com etanol, é igual (8,5 km/l e 11,7 km/l, respectivamente).

Com a mudança, o Fox fica mais competitivo para disputar o mercado de seus principais concorrentes, como o recém-lançado Chevrolet Agile, o Renault Sandero e o Citroën C3. Resta agora esperar por mudanças no CrossFox e na SpaceFox.

O jornalista Luís Perez viajou a convite da Volkswagen


FICHAS TÉCNICAS 

 

Volkswagen Fox 1.0

Motor: dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 8V, flex, 999 cm³ de cilindrada
Potência: 72 cv (gasolina) a 76 cv (etanol) a 5.250 rpm
Torque: 9,7 kgfm (gasolina) a 10,6 kgfm (etanol) a 3.850 rpm
Direção: hidráulica
Câmbio: manual de cinco velocidades
Suspensão: dianteira independente tipo McPherson com barra estabilizadora; traseira interdependente com braços longitudinais

Freios: a disco na dianteira e a tambor na traseira
Dimensões: 3,82 m de comprimento; 1,64 m de largura; 1,54 m de altura; 2,47 m de entreeixos
Peso: 1.009 kg
Tanque: 50 litros
Porta-malas: 260 litros

Preços: R$ 29.990 (duas portas) e R$ 31.830 (quatro portas)

Volkswagen Fox 1.6

Motor: dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 8V, flex, 1.598 cm³ de cilindrada
Potência: 101 cv (gasolina) a 104 cv (etanol) a 5.250 rpm
Torque: 15,4 kgfm (gasolina) a 15,6 kgfm (etanol) a 3.850 rpm
Direção: hidráulica
Câmbio: manual de cinco velocidades ou automatizada ASG (Automated Sequential Gearbox)
Suspensão: dianteira independente tipo McPherson com barra estabilizadora; traseira interdependente com braços longitudinais

Freios: a disco na dianteira e a tambor na traseira
Dimensões: 3,82 m de comprimento; 1,64 m de largura; 1,54 m de altura; 2,47 m de entreeixos
Peso: 1.046 kg (manual) e 1.054 kg (automatizado)
Tanque: 50 litros
Porta-malas: 260 litros

Preços: R$ 34.800 (1.6 quatro portas), R$ 36.930 (Prime 1.6 quatro portas), R$ 37.290 (1.6 quatro portas I-Motion) e R$ 39.400 (1.6 Prime quatro portas I-Motion)


voltar
Carpress | Shopping | Expediente
© 2006-2014 Carpress - Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução de conteúdo deste site em qualquer meio
de comunicação, impresso ou eletrônico, sem autorização por escrito
Desenvolvido por AD&R Web