Baixe o aplicativo  INTERPRESS MOTOR para seu iPhone / iPad Adicionar aos favoritos Recomende a um amigo Faça deste site sua página inicial
Lançamento
Opinião
Reportagem
Galeria de fotos
Notícias
Blog do Luís Perez
Manutenção
Vídeos
Caminhões e ônibus



Papel de parede
Jogos

Shopping









LANÇAMENTO
10/03/2009 - 17h37 Bookmark and Share
AVALIAÇÃO
Vectra GT e GT-X Remix mostram vigor na pista
Testamos as duas versões do renovado hatch no autódromo de Interlagos
por THAIS VILLAÇA

Quando Interpress Motor foi convidado a conhecer o novo Chevrolet Vectra GT/GT-X Remix, há uma semana, na fábrica da General Motors em São Caetano do Sul (SP), participamos apenas de uma apresentação estática. Ou seja, não tivemos a oportunidade de andar no carro.

Chevrolet Vectra GT Remix - foto Divulgação (Fábio Gonzalez)
O Vectra GT/GT-X é agradável de dirigir e bastante estável

Em compensação, nesta terça-feira (10), a emoção foi um pouquinho (sendo irônica) mais longe: fomos a um evento no autódromo de Interlagos, onde pudemos testar e fazer uma avaliação mais detalhada de como o modelo se comporta na pista (literalmente).

Logo ao entrar no veículo, nota-se que a fabricante caprichou no acabamento interno, não só pela adição de 14 novos porta-objetos, mas também pela escolha dos materiais de revestimento e no acabamento, com cores mais claras e detalhes que deixaram a cabine com aspecto mais esportivo.

Chevrolet Vectra GT Remix - foto Divulgação (Fábio Gonzalez)
Tanto câmbio manual quanto automático têm boas respostas

Na pista do famoso circuito brasileiro que faz parte do calendário da Fórmula 1, o GT apresentou bastante agilidade e, principalmente, estabilidade, uma vez que a suspensão foi recalibrada. Em curvas mais fechadas, como o "S" do Senna ou o Bico de Pato, o carro se manteve firme, sem nem cantar pneus.

O câmbio manual tem engates curtos e precisos, tornando a dirigibilidade bastante agradável. Com a versão automática, há um pouco menos de emoção, mesmo com o modo de condução "Sport" acionado. Mas a sensação de segurança e conforto é ainda maior.

Outro ponto de destaque do modelo é o baixo nível de ruídos no habitáculo, mesmo em aceleradas mais fortes na versão com transmissão automática, muito comum em automóveis com esse tipo de câmbio.

Chevrolet Vectra GT Remix - foto Divulgação (Fábio Gonzalez)
Interior traz melhorias no acabamento, além de 14 porta-objetos

Muito boa também é a retomada de velocidade após as curvas, com aceleração rápida e eficiente. Apesar de o teste ter sido feito em um autódromo fechado, essa é uma característica importante no dia-a-dia, especialmente no caso de ultrapassagens.

Fizemos ainda um teste de frenagem, em que aceleramos com força a partir de um ponto "A", levando o ponteiro do velocímetro até cerca de 140 km/h, para frear em um ponto "B" até a parada total do veículo. Mais uma vez o GT provou sua eficácia. Dotado de freios com os sistemas ABS (antitravamento) e EDB (distribuição eletrônica da força da frenagem) – que são opcionais no GT (de série no GT-X), mas presentes na versão testada – o carro parou menos de 12 metros após o pedal ser pressionado.

Chevrolet Vectra GT Remix - foto Divulgação (Fábio Gonzalez)
Detalhes nos bancos e no painel de intrumentos dão ar esportivo

Claro que ao andar em Interlagos, por questões de segurança, a GM fez algumas limitações na pista com cones para que não houvesse abusos dos participantes do evento, pois a grande maioria não tinha experiência em dirigir em circuitos de competição. Além disso, todos andaram acompanhados por um piloto profissional.

Quem quisesse poderia conferir também como um desses pilotos faria uma "volta rápida". O resultado não foi muito diferente do observado anteriormente, quando estávamos atrás do volante. Primeiro no modelo com câmbio automático, apesar das investidas do condutor, não houve muita emoção, pois o controle acaba ficando por conta do carro. Então pontos de frenagem e aceleração são diferentes e não empolgam tanto.

Chevrolet Vectra GT Remix - foto Divulgação (Fábio Gonzalez)
Motor de até 140 cv deixa o automóvel bastante ágil

Já no carro com câmbio manual, cada curva é mais impressionante que a outra. Mais uma vantagem para o Vectra GT: se o carro manteve-se estável, sem sair de frente ou de traseira com esses profissionais, só haverá alguma eventualidade com um motorista comum em uma situação muito extrema.

Para quem se interessou pelo modelo e pretende adquirir o seu, que custa a partir de R$ 56.034 (GT) e R$ 64.134 (GT-X), um aviso: a cor azul Arian, destaque do lançamento, será fabricada em edição limitada de apenas 500 unidades para todo o país, durante os próximos quatro meses. As 120 primeiras já foram vendidas. Gostou da cor? É melhor correr.

FICHA TÉCNICA
Chevrolet Vectra GT/GT-X Remix 2.0 Flexpower
Motor
: dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, bicombustível, 1.998 cm³ de cilindrada
Potência: 133 cv (gasolina) a 140 cv a 5.600 rpm (álcool)
Torque: 18,9 kgfm (gasolina) a 19,7 kgfm a 2.600 rpm (álcool)
Direção: hidráulica
Câmbio: manual de cinco velocidades ou automático de quatro velocidades

Suspensão: dianteira independente tipo McPherson, com braço de controle ligado ao subchassi, molas helicoidais, amortecedores telescópicos hidráulicos pressurizados a gás e barra de torção ligada à haste tensora; traseira semi-independente, viga de torção soldada com dois braços fundidos de controle, molas tipo barril com diâmetro variável e progressivo, amortecedores telescópicos hidráulicos pressurizados a gás
Freios: a disco na dianteira e tambor na traseira ou a disco nas quatro rodas, com ABS (antitravamento), EBD (distribuição eletrônica da força da frenagem)
Dimensões: 4,24 m de comprimento; 1,75 m de largura; 1,45 m de altura; 2,61 m de entreeixos
Peso: 1.283 kg
Tanque: 52 litros
Porta-malas: 345 litros

Preços: R$ 56.034 (GT) e R$ 64.134 (GT-X)


voltar
Carpress | Shopping | Expediente
© 2006-2014 Carpress - Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução de conteúdo deste site em qualquer meio
de comunicação, impresso ou eletrônico, sem autorização por escrito
Desenvolvido por AD&R Web