Baixe o aplicativo  INTERPRESS MOTOR para seu iPhone / iPad Adicionar aos favoritos Recomende a um amigo Faça deste site sua página inicial
Lançamento
Opinião
Reportagem
Galeria de fotos
Notícias
Blog do Luís Perez
Manutenção
Vídeos
Caminhões e ônibus



Papel de parede
Jogos

Shopping









LANÇAMENTO
30/05/2008 - 12h48 Bookmark and Share
MOTO
Honda Shadow 750 agora traz injeção eletrônica
Modelo traz novas cores e grafismos; preço será mantido em R$ 29.980
por LUÍS PEREZ, do Guarujá (SP)

A Honda lança a linha 2009 da motocicleta "custom" Shadow 750. O modelo traz uma série de melhorias, a começar pelo novo sistema de injeção eletrônica de combustível PGM-FI (Programmed Fuel Injection), que já atende à terceira fase da norma brasileira Promot (Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares), que entrará em vigor em janeiro do próximo ano.

Honda Shadow 750 2009 - foto Divulgação
A Honda Shadow 750 2009: na cor azul, traz grafismo "flame"

Com um público-alvo predominantemente masculino, que utiliza a moto para viagens de lazer – estradeira, é ótima para passeios de fim de semana –, a Shadow tem como marcas registradas a robustez e o estilo, proporcionado sobretudo pelos pára-lamas envolventes e pela profusão de peças cromadas. Na frente, a motocicleta traz conjunto óptico tradicional, com farol de refletores multifocais, lentes transparentes e lâmpada halógena 60/55W. Na traseira, a lanterna e os piscas propiciam boa iluminação.

Sua transmissão é por eixo cardã, o que se reflete em baixa manutenção e conforto na condução, com desempenho suave e progressivo. Para a versão 2009, houve sutis modificações, como o reposicionamento das luzes espia, novo guidão (mais alto e ajustável, com coxins fixos para amenizar as vibrações.), pedais e pedaleiras maiores, escapamento duplo e outras opções de cores e grafismos – azul metálica (com grafismo tipo "flame"), preto (emblema "tribal") e cinza metálico (estilo "retrô cruiser", emblema "two tone").

Honda Shadow 750 2009 - foto Divulgação

Honda Shadow 750 2009 - foto Divulgação
No alto, modelo em ação; acima, detalhe do painel de instrumentos

Na nova versão, a Shadow ficou mais maleável sobretudo no uso urbano, graças ao guidão 17 milímetros mais alto, 15 mm mais à frente (para que o piloto não precise flexionar tanto os braços) e 26 mm mais estreito, o que privilegiou o controle direcional.

Também para auxiliar na condução, as pedaleiras são do tipo plataforma retrátil, o pedal de câmbio traz agora um contrapedal (pode ser acionado com o calcanhar) e o pedal de freio, emborrachado, ficou maior. O efeito são respostas mais suaves e progressivas. A Shadow é uma motocicleta muito agradável de conduzir. O assento em dois níveis, com altura de 660 mm, contribui para a pilotagem e o controle da moto.

Em forma de gota, o tanque de combustível tem capacidade para 14,4 litros, incluindo 3,2 litros de reserva. A tampa cromada do filtro de ar realça o conjunto e dá destaque ao motor. A bateria selada dispensa manutenção. O painel de instrumentos permite fazer a leitura de velocímetro, luz indicadora do neutro, pressão do óleo, temperatura do líquido de arrefecimento, injeção eletrônica e HISS (Honda Ignition Security System, o sistema de segurança por chave codificada).

Honda Shadow 750 2009 - foto Divulgação
Guidão teve redimensionamentos para melhorar posição do piloto

Além disso, as luzes indicadoras de reserva de combustível, sinalizadores de direção e farol alto estão localizadas na mesa superior da motocicleta. Também chama a atenção na Shadow 750 o novo escapamento duplo. Os pneus são largos, com as rodas dianteira aro 17 e traseira aro 15.

Em termos de motorização, praticamente não houve alterações (é o mesmo propulsor de 745 cm³, quatro tempos, dois cilindros em "V", associado a uma transmissão de cinco velocidades). São 45,5 cv (cavalos) de potência máxima, alcançada a 5.500 rpm, e 6,5 kgfm de torque (força) a 3.500 rpm.

Montada em Manaus (AM), a moto ganhou tratamento acústico para proporcionar um timbre mais grave – e atraente. A moto começa a comercializada já em junho, sem alteração no preço, que continua em R$ 29.980. A expectativa da Honda é vender 3.000 unidades por ano do novo modelo, 25% a mais do que a versão 2008. O modelo tem garantia de um ano, sem limite de quilometragem.


voltar
Carpress | Shopping | Expediente
© 2006-2014 Carpress - Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução de conteúdo deste site em qualquer meio
de comunicação, impresso ou eletrônico, sem autorização por escrito
Desenvolvido por AD&R Web