Shopping Interpress
OPINIO
LANAMENTO
REPORTAGEM
BUSCA
FALE CONOSCO
BOLETIM
SHOPPING
INTERBLOG
NOTCIAS








LANÇAMENTO
LINHA 2008
Toyota é última fabricante nacional a adotar o motor Flex
Propulsor 1.8 16V de 136 cavalos equipa o Corolla e a perua Fielder, que mudam pouco
por LUÍS PEREZ, do Guarujá (SP)

Divulgação
O sedã Toyota Corolla com motor 1.8 16V Flex custa a partir de R$ 56.565

Foram investidos US$ 15 milhões em três anos de desenvolvimento. Assim a Toyota foi o último fabricante nacional de automóveis de passeio a adotar a motorização “flex fuel”. Está chegando às lojas o sedã Corolla e a perua Fielder com novo motor 1.8 16V VVT-i Flex, que desenvolve 136 cv (cavalos) de potência. Há alguns anos trabalhando com lançamentos e avaliação de veículos, a equipe de Interpress Motor simplesmente não notou a mínima diferença em termos de desempenho e dirigibilidade em relação ao veículo a gasolina, que foi lançado há cinco anos.


Divulgação
Há transmissão manual e automática de quatro velocidades com "overdrive"

Durante o evento de apresentação, que acontece no Guarujá (SP), o ambiente foi tomado por um certo clima de decepção – afinal a Toyota, que acaba de abocanhar a liderança mundial de vendas de automóveis, desbancando a General Motors, não poderia ter lançado um produto um pouco mais inovador?

 

Fazem parte das novidades do motor o acréscimo de resina protetora contra corrosão nos pistões, novos anéis de pistão e ajuste do comando de válvula. Também houve substituição das velas de ignição por outras de grau térmico mais elevado, reprogramação da ECU (central eletrônica que comanda todo o funcionamento do propulsor) e implantação de materiais de liga metálica mais resistente nas válvulas de admissão e no comando de válvulas. A capacidade do tanque de combustível subiu de 55 litros para 56 litros, para aumento da autonomia, pois o álcool é consumido mais rapidamente.


Divulgação
Interior não muda; estilo do Corolla sempre foi marcado pela sobriedade

Também há um novo sistema de partida a frio, que consiste em um tanque auxiliar com capacidade de 600 mililitros, que fica na parte de trás do compartimento do motor. “Ficar distante da área de contato em caso de colisão, proporcionando, assim, maior segurança para os ocupantes”, afirma o material de divulgação da montadora. A concorrente Honda optou por um reservatório à parte embutido no pára-lama direito – batizado inclusive de “subtanque”.


Nas versões XE-i do Corolla e da Fielder e XL-i do Corolla há dois tipos de transmissão: automática de quatro velocidades com “overdrive” e manual de cinco velocidades. Já as versões top de linha SE-G saem da fábrica equipadas com câmbio automático de quatro velocidades com "overdrive".

Divulgação
Console central traz porta-objetos úteis para motorista e passageiro

Comercializado já como linha 2008, o Corolla traz novidades na versão entrada XL-i do sedã, agora equipada com o motor 1.8 16V VVT-i Flex, que substitui o 1.6 16V de 110 cv, que continua disponível na versão com transmissão automática para atender também aos deficientes físicos.

Essa versão XL-i ganhou ainda rodas de liga leve e airbag dianteiro para motorista e passageiro. Esses itens se somam a equipamentos como ar-condicionado, coluna de direção com regulagem de altura, comando interno de abertura do porta-malas e do tanque de combustível, direção hidráulica, console entre os bancos dianteiros com porta-copos e porta-objetos, desembaçador do vidro traseiro, hodômetro total e parcial digital, entre outros itens. O Corolla é um dos automóveis de interior mais sóbrio do mercado.


Divulgação
Comando central das portas e dos vidros elétricos na porta do motorista

As versões SE-G e XE-i têm freios com sistemas ABS (antitravamento) e EBD (distribuição eletrônica da frenagem), trava automática das portas ativadas pelo movimento do veículo (após 20 km/h) e travas elétricas com acionamento a distância, luz de leitura dianteira, pára-sol do motorista com espelho de cortesia e porta-documentos, alarme com controle remoto, cintos de segurança dianteiros com pré-tensionador e limitador de força.


Há ainda uma versão do modelo XE-i que vem com bancos com revestimento de couro, com o traseiro bipartido e rebatível, com terceiro encosto de cabeça e apoio de braço com porta-copos. A versão SE-G tem ainda ar-condicionado automático e digital, bancos de couro de série, computador de bordo, painel de instrumentos Optitron, piloto automático, rádio com toca-CDs para seis discos integrados ao painel, retrovisor interno antiofuscamento, sensor automático de chuva, quatro alto-falantes com dois tweeters, console central com acabamento na cor prata, maçanetas internas, moldura lateral e da tampa do porta-malas cromadas e faróis de neblina. Para as versões XE-i e XL-i, completam o pacote rádio com toca-CDs e quatro alto-falantes.


Divulgação

Divulgação
Além do motor flex, perua Fielder ganha versão SE-G top de linha

Já Fielder, antes disponível em versão única, agora chega em duas: além da XE-i, a top de linha SE-G, que inclui itens como controlador de velocidade, ar-condicionado digital e toca-CDs para seis discos integrado ao painel.

Os preços sugeridos são: Corolla XL-i 1.8 Flex, R$ 56.565 (manual) e R$ 61.101 (automáico); Corolla XE-i 1.8 Flex, R$ 62.233 (manual) e R$ 66.880 (automático); Corolla SE-G 1.8 Flex, R$ 79.676 (automático); Fielder XE-i 1.8 Flex, R$ 67.144 (manual); R$ 71.729 (automático) e Fielder SE-G 1.8 Flex, R$ 83.712 (automático). Os valores têm o Estado de São Paulo como base e não incluem pintura metálica. Pela alta competitividade do segmento, a Toyota vai ter de se esforçar muito para continuar entre os primeiros colocados nas vendas de sedãs médios.

 

FICHA TÉCNICA
Toyota Corolla Flex

Motor: dianteiro, transversal,
quatro cilindros em linha, 16V, bicombustível, 1.794 cm³ de cilindrada

Potência: 136 cv a 6.000 rpm

Torque: 15 kgfm a 4.400 rpm
Direção: hidráulica
Câmbio: automático, de quatro velocidades com “overdrive”
Suspensão: dianteira McPherson, com barra estabilizadora; traseira com eixo de torção e barra estabilizadora
Freios: a disco na as quatro rodas, com ABS (antitravamento) e EBD (distribuição eletrônica da força de frenagem)
Dimensões: 4,53 m de comprimento; 1,71 m de largura; 1,48 m de altura; 2,60 m de entreeixos
Peso: 1.130 kg a 1.170 kg, dependendo da versão

Tanque: 56 litros

Porta-malas: 437 litros
Preços:
Corolla XL-i 1.8 Flex, R$ 56.565 (manual) e R$ 61.101 (automáico); Corolla XE-i 1.8 Flex, R$ 62.233 (manual) e R$ 66.880 (automático); Corolla SE-G 1.8 Flex, R$ 79.676 (automático); Fielder XE-i 1.8 Flex, R$ 67.144 (manual); R$ 71.729 (automático) e Fielder SE-G 1.8 Flex, R$ 83.712 (automático)


 

Publicado em 23/05/2007

voltar
© Carpress - Todos os direitos reservados
proibida a reproduo de contedo deste site em qualquer meio de comunicao, impresso ou eletrnico, sem autorizao por escrito
Desenvolvido por ADR Web