Shopping Interpress
OPINIO
LANAMENTO
REPORTAGEM
BUSCA
FALE CONOSCO
BOLETIM
SHOPPING
INTERBLOG
NOTCIAS








LANÇAMENTO
UTILITÁRIO ESPORTIVO
EcoSport automático chega pelo mesmo preço do manual
Jipinho da Ford traz motor com potência de 138 cavalos e custa a partir de R$ 60.860
por LUÍS PEREZ, de São José dos Campos (SP)

Divulgação
O EcoSport automático chega como linha 2007 pelo preço da versão manual

Compradores do jipinho EcoSport a partir de dezembro já poderão esquecer o pé esquerdo. É que, em uma estratégia agressiva, a Ford começa a oferecer no modelo a opção de transmissão automática pelo mesmo preço da versão com câmbio manual. Equipado com motor 2.0 de 138 cv (cavalos) de potência, o utilitário esportivo chega em duas versões de acabamento: XLS (mais modesta) e XLT (mais sofisticada), custando a partir de R$ 60.860 e de R$ 64.480, respectivamente. Na XLT com bancos de couro, o preço inicial é de R$ 67.070.

Outra novidade do modelo é que a série especial Freestyle 1.6 Flex agora é oferecida como versão permanente. O fabricante também alardeia o reposicionamento de preços para baixo, sobretudo na versão 4WD (a que tem tração nas quatro rodas), que passa de R$ 72.100 para R$ 65.600 (R$ 68.200 com bancos de couro). Embora não fale abertamente, a idéia é se adaptar à chegada do Chevrolet Tracker, que custa R$ 58.900. “O reposicionamento de preços aumenta a competitividade de suas principais versões”, afirma Antonio Baltar, gerente-geral de marketing da Ford.

Por sofrer com a menor autonomia do álcool, a Ford resolveu ampliar o tanque de combustível do EcoSport de 45 litros para 54 litros (exceto o do 4WD, que já era maior, com 50 litros), o que de quebra melhora o isolamento acústico da cabine – era comum, nos motores 1.6, o carro “gritar” um pouco.

Divulgação
Interior da nova versão: mais porta-objetos e acabamento aprimorado

Para receber a transmissão automática, o motor foi recalibrado e acabou perdendo um pouco da potência em relação à versão manual, que desenvolve 143 cv (5 cv a mais). O torque (força) máximo é de 18,35 kgfm, com 86% já disponíveis a 1.500 rpm. Avaliado por Interpress Motor entre São Paulo e São José dos Campos (SP), em test-drive preparado pela Ford, o modelo transmitiu segurança nas ultrapassagens e nas retomadas, além de suavidade na troca de marchas. Durante seu desenvolvimento, o EcoSport automático rodou não apenas no Brasil, mas na Argentina e no México (dois dos países em que o modelo faz bastante sucesso).

“Nossas equipes de desenvolvimento do produto percorreram dos desertos da Patagônia ao litoral, serras e sertões brasileiros, até as elevadas altitudes dos Andes e da Cidade do México”, conta David Breedlove, diretor de desenvolvimento do produto da Ford América do Sul. Os ensaios indicaram a necessidade de retrabalhar também a suspensão e os freios, que têm discos maiores do que na versão manual. Além disso, todo o conjunto ganhou sistema eletrônico ABS (antitravamento).

Divulgação
Estratégia agressiva da Ford incluiu reposicionar para baixo preços do modelo

Nas duas versões de acabamento há ar-condicionado, direção hidráulica, vidros, travas e espelhos elétricos, airbag para passageiro e motorista e freios ABS. A XLT oferece ainda toca-CDs com função MP3, console de teto, banco do motorista com ajuste lombar, alarme volumétrico, pára-choques, molduras e espelhos pintados na cor da carroceria, rodas de liga leve de 15 polegadas, volante de couro, banco do motorista com bolso frontal, entre outros itens. Pensando no conforto interno, o carro ganhou ainda, nas duas versões, um novo console central, que reúne porta-objetos, porta-moedas, pote multiuso destacável com tampa, suporte para copos, latas, garrafas de até 1,5 litro e tomada de força de 12 volts.

Em relação à versão Freestyle, que se baseia na XLT, fazem parte do pacote rodas de liga leve, pára-choques na cor do veículo e com protetor dianteiro, pára-brisa degradê, molduras laterais largas e capas dos espelhos, além de toca-CDs, console de teto e ponto de força no porta-malas, entre outros itens. Custa R$ 55.480 (ainda o preço “antigo”). Desde que foi lançado, em 2003, o EcoSport é uma coqueluche entre os consumidores – já vendeu mais de 146 mil unidades. Hoje representa um quinto das vendas da Ford no Brasil.

 

FICHA TÉCNICA

Ford EcoSport Automatic
Motor: dianteiro, transversal,

quatro cilindros em linha,

a gasolina, oito válvulas,
1.999 cm³ de cilindrada
Potência: 138 cv a 6.000 rpm
Torque: 18,35 kgfm a 4.250 rpm

Câmbio: automático, de quatro velocidades

Suspensão: dianteira independente tipo McPherson, com barra estabilizadora; traseira com eixo de torção

Freios: a disco na dianteira e a tambor na traseira

Dimensões: 4,23 m de comprimento; 1,73 m de largura; 1,68 m de altura; 2,49 m de entreeixos

Peso: 1.269 kg
Tanque: 54 litros
Porta-malas: 436 litros

Preços: R$ 60.860 (XLS), R$ 64.480 (XLT) e R$ 67.070 (XLT com bancos
de couro)

 

 
























è Leia também: Avaliamos o novo Citroën Picasso Flex, de até 133 cavalos.

è Você tem um carro novo com problema crônico? Seus amigos também? Conte-nos!

è 
Cadastre-se aqui para receber o boletim Interpress Motor.

Publicado em 23/11/2006

voltar
© Carpress - Todos os direitos reservados
proibida a reproduo de contedo deste site em qualquer meio de comunicao, impresso ou eletrnico, sem autorizao por escrito
Desenvolvido por ADR Web