Shopping Interpress
OPINIO
LANAMENTO
REPORTAGEM
BUSCA
FALE CONOSCO
BOLETIM
SHOPPING
INTERBLOG
NOTCIAS








LANÇAMENTO
MAIS UM MEXICANO
Jetta é arma da Volkswagen para lutar com sedãs médios
Modelo chega por R$ 82.500 com motor de 150 cv e câmbio Tiptronic de seis marchas
por LUÍS PEREZ

Divulgação
O Volkswagen Jetta tem visual que transmite modernidade e robustez

A Volkswagen apresentou na noite desta terça-feira, em São Paulo, o Jetta, sedã fabricado em Puebla, no México, que começa a ser entregue aos compradores em setembro (as pré-vendas serão iniciadas já no dia 20 deste mês). Equipado com motor 2.5 de 150 cv (cavalos) de potência, o modelo traz como destaques o câmbio automático Tiptronic de seis velocidades e um porta-malas de 527 litros.

Divulgação
Lanternas traseiras com leds lembram as de modelos como Passat e SpaceFox

Com a função de reforçar a presença da marca no segmento de sedãs médios de luxo, o Jetta vai custar R$ 82.500 (podendo chegar a R$ 99 mil se equipado com todos os opcionais) e será posicionado em um vácuo entre o Bora e o Passat, na linha da montadora. O modelo, que já está na quinta geração, foi mostrado ao público pela primeira vez em janeiro do ano passado, no Salão de Los Angeles (EUA). A apresentação desta terça foi estática, ou seja, sem test-drive.

Divulgação
Pré-vendas do modelo mexicano começam já no dia 20 deste mês, em...

“O Jetta veio para ser o mais completo de sua categoria”, afirma Paulo Sergio Kakinoff, diretor de vendas e marketing da Volkswagen, que espera vender 400 unidades por mês do novo modelo, que chega para disputar o mesmo mercado de Honda Civic, Toyota Corolla, Ford Fusion e Chevrolet Vectra.

Divulgação
...espaços personalizados nas revendas para clientes de veículos "premium"

No caso, o Jetta fica em desvantagem em potência e porta-malas apenas em relação ao Fusion – cujo motor 2.3 desenvolve 162 cv e há 530 litros para bagagem. “A vantagem do Jetta em relação aos rivais consiste na entrega de um alto torque já desde as baixas rotações”, diz João Alvarez, gerente-executivo de Powertrain da Volkswagen. O torque (força) do motor do Jetta é de 23,2 kgfm a 3.750 rpm, contra 20,7 kgfm a 4.500 rpm do Fusion.

Divulgação
Painel tem volante com os controles do rádio e do computador de bordo

De acordo com números fornecidos pela Volkswagen, o Jetta acelera de 0 a 100 km/h em 9,6 segundos e atinge velocidade máxima de 205 km/h (limitada eletronicamente). Seu maior trunfo ante a concorrência, no entanto, é o câmbio de seis marchas.

Divulgação
Ar-condicionado com temperaturas distintas para motorista e passageiro

“Quando o motorista está acima de 100 km/h em uma rodovia de mão dupla e pisa fundo para fazer uma ultrapassagem, os outros carros reduzem de quinta para quarta, ou de quarta para terceira”, diz Alvarez. “Como as relações de transmissão são longas, a manobra é mais lenta. Já o Jetta, nesse mesmo exemplo, por ter melhor escalonamento em função das relações mais curtas, reduz de sexta para quarta ou terceira, garantindo uma ultrapassagem bem mais rápida.” Leia-se ainda, nesse caso, ultrapassagem muito mais segura.

Divulgação
Uma das inovações no segmento é a luz de seta incorporada ao retrovisor

Por falar em segurança, aliás, o modelo traz uma série de engenhocas eletrônicas que previnem (ou remediam) possíveis barbeiragens. Exemplos: sistema ABS (antitravamento) nos freios, EBD (distribuição eletrônica da frenagem), ESP (controle de estabilidade) e ASR (controle de tração), airbags frontais, laterais e tipo cortina (são seis) e controle de desgaste das pastilhas de freio.

Divulgação
Passageiros do banco de trás também têm saídas de ar e porta-copos

Há farta oferta de itens de série, a começar pelo ar-condicionado de duas zonas – ótimo para motorista calorento e passageiro friorento, por exemplo. O sistema de som inclui toca-CDs com função MP3 com capacidade para seis discos, audíveis em dez alto-falantes. De série há controlador de velocidade.

Divulgação
Motor 2.5 desenvolve 150 cv de potência: 0 a 100 km/h em 9,6 segundos

Entre os opcionais estão teto solar com acionamento elétrico, faróis de xenônio com lavador elétrico, aquecimento individual para os bancos, cortina de proteção solar traseira e sensor de estacionamento. Para fugir da mesmice das cores prata e preto, o Jetta chega ao Brasil também nas cores branco, prata, verde, cinza, bege e azul.

Divulgação
Porta-malas tem capacidade para 527 litros, um dos maiores do segmento

Sua esportividade é garantida em primeiro lugar pelo visual robusto e moderno – vide faróis e pisca incorporado ao retrovisor, sem falar nas lanternas traseiras com leds, que lembram o próprio Passat e o SpaceFox. Segundo, pelas rodas de liga leve (de série aro 16 ou, como opcional, 17). É mais um mexicano que chega para apimentar ainda mais o segmento que mais cresce no país.

 

FICHA TÉCNICA

Volkswagen Jetta
Motor: dianteiro, transversal,

cinco cilindros em linha,

20 válvulas, 2.480 cm³ de cilindrada
Potência: 150 cv a 5.000 rpm

Torque: 23,2 kgfm a 3.750 rpm
Câmbio: automático, de seis velocidades

Suspensão: dianteira independente tipo McPherson, com barra estabilizadora; traseira independente, com quatro braços transversais
e barra estabilizadora

Freios: a disco nas quatro rodas, com sistema ABS (antitravamento),  EBD (distribuição eletrônica da frenagem), ASR (controle de tração) e ESP (controle de estabilidade)

Dimensões: 4,55 m de comprimento; 1,78 m de largura; 1,46 m de altura; 2,58 m de entreeixos

Tanque: 55 litros
Porta-malas: 527 litros

Preço: R$ 82.500

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 




 

 

 

Publicado em 12/07/2006

voltar
© Carpress - Todos os direitos reservados
proibida a reproduo de contedo deste site em qualquer meio de comunicao, impresso ou eletrnico, sem autorizao por escrito
Desenvolvido por ADR Web